para compartilhar sabores e lembranças olfativas daqui e de outras terras...como o nhoque da nona, o arroz com bacalhau de vovô, as almondegas de minha mãe, o risoto de linguiça do meu pai, o thanksgiving dinner da mammy, o german chocolate cake da cindy, o doce de leite de tia mercedes, o doce de cidra da aninha, o doce de mamão da célia, o doce de pera da margarida, as pimentas da celha, os bolos da semiramis, os patês da rosana e por ai vai....


quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

torta holandesa da Ana

olha só o agrado que a minha prima fez para meu filho.
ele ama de paixão esta torta holandesa e ela faz maravilhosamente bem.
a Ana é uma pessoa super especial, que não tem tempo pra nada, mas tem um coração enorme e está sempre disposta a ajudar as pessoas.
a Ana e o Rê adoram receber os amigos em casa, os dois cozinham muito bem, lá os almoços são sempre longos e divertidos, certeza de uma conversa muito agradável.
é sempre um prazer enorme estar com eles!

a foto é de celular, esqueci de levar a minha maquina, sorry! mas a torta é divina!




torta holandesa da Ana

fundo: montar na forma de fundo falso, forrada com papel manteiga, bolacha maria molhadas no leito e no licor de cacau ou outro de sua preferência. na lateral usar bolachas com cobertura de chocolate. reservar.

creme: na batedeira bater 250 g de margarina ou manteiga sem sal com 2 xícaras de açúcar até que fique bem branquinho, juntar 1 colher de chá de baunilha e bater mais um pouco. juntar bem devagar, 2 latas de creme de leite, bem geladas, sem soro e colocar o creme sobre as bolachas. levar ao freezer ou congelador.

cobertura: derreter 250 g de chocolate (pode ser ao leite, meio amargo ou misturado) e juntar a 1 lata de creme de leite sem soro. espalhar a cobertura sobre o creme e voltar ao freezer.

retire do freezer alguns minutos antes de servir.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

pizza buns

eu gosto muito do blog Bakers' Banter, sempre tem receitas otimas, dicas, detalhes do modo de fazer, enfim tudo de bom, se vocês ainda não conhecem vale a pena conferir.
estas pizza buns tirei de lá.
no dia desta postagem, achei que já era hora de por a mão na massa, afinal na terapia ocupacional me dão argila e massinha infantil para trabalhar os movimentos da mão esquerda.
tentei e consegui fazer direitinho
, fiquei muito feliz com a minha conquista!
quanto a massa é excelente e super saborosa, apesar de não termos tudo o que a receita pede, dei um jeito...

pizza buns (adaptada daqui)

amornar 1/2 xícara de leite, 2/3 de xícara de agua e 3 colheres de sopa de azeite. reservar.
1 e 1/4 de colher chá de sal
1 colher de sopa de açúcar
3 colheres de sopa de leite em pó
3 e 1/2 xícaras de farinha de trigo ( aproximadamente)
2 colheres de chá de fermento seco biológico
misture os secos e faça uma cova e agregue os líquidos, se necessário use um pouco mais de farinha de trigo, faça um bola de massa e deixe crescer até dobrar de volume.
abra a massa em retangulo e recheie a gosto, eu usei linguiça calabresa processada e cebolas picadinha, enrole como rocambole e corte em fatias de 2 ou 3 cm.
deixe crescer novamente e asse em forno médio. antes de completar o cozimento retire do forno e rapidamente coloque o molho de cobertura e queijo prato ralado, leve ao forno para finalizar.


por ultimo, uma folhinha de manjericão

sábado, 26 de dezembro de 2009

carrot cake

o bolo de cenoura americano é diferente do nosso, tem outro sabor, outra textura, leva cenoura ralada e especiarias.
a cobertura é branca com cream cheese e baunilha.
como eu nem sempre tenho cream cheese a mão, sempre faço, mas com cobertura de chocolate e fica muito bom!


carrot cake


4 ovos ( claras em neve)
3 xícaras de cenoura ralada no ralo grosso
1/2 xícara de óleo de canola
1/2 xícara de leite
2 xícaras de açúcar
2 e 1/2 xícaras de farinha de trigo
cravo moído, canela, gengibre em pó, baunilha a seu gosto
1 colher de fermento químico em pó

bater as gemas com açúcar, juntar o óleo em seguida juntar as cenouras e as especiarias, ir alternando a farinha e o leite, juntar o fermento e por ultimo gentilmente as claras em neve.
assar em forma untada, em forno médio por 30 minutos

para cobertura use a sua favorita, neste usei aquela bem simples do bolo de café

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

guirlanda de natal

já não é mais novidade para ninguém que eu adoro presentear pratos que saem da minha cozinha, nesta época então, mais ainda...
no domingo passado o marido fez no capricho, este pão doce recheado que seria presenteado a nossa queridíssima tia Sarah.
alias, este é o primeiro e único pap que tenho aqui no blog, confesso que eu não tenho esta paciência de fazer o pap, parar para fotos e voltar a mão massa, mas adorei a disponibilidade dele, de fazer isto por mim
.
gostei muito do resultado e mais ainda do pão recheado
!!



a massa crescida já divida em duas partes
(esta massa foi modelada depois e o pão ficou aqui em casa)



a massa foi aberta em retângulo longo e pincelada com manteiga



polvilhada com açúcar mascavo e açúcar branco



coberta com frutas cristalizadas e uvas passas claras, sem sementes



enrolada como um rocambole



o rolo pronto



foram cortadas as pontas para caber na assadeira e foi feito a emenda



pronta para ir ao forno



já assada



com a cobertura e acabamento


guirlanda de natal


massa

150 ml de leite morno
150 ml de agua morna
100 ml de óleo
1 ovo
2 colheres de sopa de fermento seco biológico
2 colheres de sopa de leite em pó
3/4 de xícara de açúcar
6 xícaras de farinha de trigo aproximadamente
1 colher de sobremesa de sal

misture todos os os secos a arte da farinha, faça uma cova e agregue o ovo e o liquido, trabalhe a massa agregando farinhas quando necessário. deixe crescer até dobrar de volume.
divida a massa em duas partes e siga o pap acima

cobertura
1 xícara de açúcar de confeiteiro, gotas de baunilha e aproximadamente 2 ou 3 colheres de leite até dar o ponto de espalhar.

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

abobrinha com ricota

mais simples que isto, impossível...
abobrinhas italianas fresquinhas, ricota caseira, ervas frescas da horta, o meu molho de tomates e o meu segredo: abobrinhas retinhas e paciência
abobrinhas recheadas com ricota
lave bem as abobrinhas, corte no meio, com paciência tire o miolo sem "ferir" as laterais nem o fundo.
tempere a ricota caseira com ervas frescas a gosto, sal, pimenta moída na hora, tomates sem pele nem miolo.
recheie as abobrinhas e ajeite uma a uma, em pé numa panela de fundo grosso de forma que fiquem bem encaixadas e todas em pé.
coloque o molho pronto entre os espaços e leve ao fogo baixo, em panela tampada, cozinhe até que as abobrinhas estejam tenras, aproximadamente 10 ou 15 minutos.
sirva em seguida.

depois de prontas

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

amizade

o blog tem me trazido muitas alegrias,
porém nada que supere as amizades iniciadas aqui,
olha só o mimo, feito com todo carinho pela Dolly
e enviado lá do Ceará para mim.
grata, muito grata pela sua amizade pelo seu carinho!!

e não me ocorreu ninguem melhor,
que
James Taylor para falar de amigos

You've got a friend

Você tem um amigo
When you're down and troubledQuando você estiver abatida(o) e preocupada(o)
and you need a helping hand E precisar de uma ajuda,
and nothing, ooh, nothing is going right. E nada, nada estiver dando certo,
Close your eyes and think of me Feche seus olhos e pense em mim
and soon I will be there E logo eu estarei aí
to brighten up even your darkest nights. Para iluminar até mesmo suas noites mais sombrias.


You just call out my name,Apenas chame alto meu nome
and you know wherever I am E você sabe, onde quer que eu esteja
I'll come running, oh yeah baby Eu virei correndo
to see you again. Para te encontrar novamente.
Winter, spring, summer or fall, Inverno, primavera, verão ou outono,
all you have to do is call Tudo que você tem de fazer é chamar.
and I'll be there, yeah, yeah, yeah E eu estarei lá, sim, sim, sim,
You've got a friend. Você tem um amigo.


If the sky above youSe o céu acima de você
should turn dark and full of clouds Tornar-se escuro e cheio de nuvens
and that old north wind should begin to blow E aquele antigo vento norte começar a soprar,
Keep your head together and call my name out loud Mantenha sua cabeça sã e chame meu nome em voz alta
and soon I will be knocking upon your door. E logo eu estarei batendo na sua porta.
You just call out my name, Apenas chame meu nome
and you know where ever I am E você sabe, onde quer que eu esteja
I'll come running to see you again. Eu virei correndo para te encontrar novamente.
Winter, spring, summer or fall, Inverno, primavera, verão ou outono,
all you go to do is call Tudo que você tem de fazer é chamar
and I'll be there, yeah, yeah, yeah E eu estarei lá, sim, sim, sim.


Hey, ain't it good to know that you've got a friend?Ei, não é bom saber que você tem um amigo?
People can be so cold. As pessoas podem ser tão frias,
They'll hurt you and desert you. Elas te magoarão e te abandonarão
Well they'll take your soul if you let them. E então elas tomarão sua alma se você permitir-lhes.
Oh yeah, but don't you let them. Oh, sim, mas não permita-lhes.


You just call out my name,Apenas chame alto meu nome
and you know wherever I am E você sabe, onde quer que eu esteja
I'll come running to see you again. Eu virei correndo para te encontrar novamente.
Oh babe, don't you know that, Você não entende que
Winter, spring, summer or fall, Inverno, primavera, verão ou outono,
Hey now, all you've go to do is call. Ei, agora tudo que você tem a fazer é chamar?
Lord, I'll be there, yes Iwill. Senhor, eu estarei lá, sim eu estarei,
You've got a friend. Você tem um amigo,
You've got a friend. Você tem um amigo.
Ain't it good to know you've got a friend. Não é bom saber? Você tem um amigo...
Ain't it good to know you've got a friend. Não é bom saber? Você tem um amigo...
You've got a friend. Você tem um amigo...


feliz natal


feliz natal



merry christmas

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

cardápio de natal # 2

e esta é a minha segunda sugestão de ceia,
espero que gostem!!!

para aperitivo: patê ricota e alho servido com torradas ou bolachinhas



para entrada: salada colorida



prato principal: pernil fatiado, quibebe e farofinha de cebola







de sobremesa : geman chocolate cake e torta de limão





para o café: suspirinhos



sugestões:


arroz: sugiro dois, sendo um deles branco e outro pode ser "colorido": com passas, frutas secas, à catarina, com ervilhas frescas, legumes,pilaf, enfim como for o paladar da sua casa

frutas: eu sugiro frutas da estação: como mangas e melão fatiadas em berço de gelo, uvas e pêssegos

step dish: caso você vá receber crianças tenha sempre uma massa ao sugo ou com molho branco que poderá ser servido aos pequenos, antes ou durante o jantar.

bebidas: sucos naturais acerola, abacaxi com hortelã, maracujá com capim santo, vinho branco gelado, cerveja, vinho tinto, espumante, refrigerantes, água e duas opções de digestivo um mais para doce um mais para seco.
não se esqueça de gelar o que deve gelar, ter gelo, rodelas de limão e laranja.

caso seja do seu perfil drinks com frutas ou destilados, inclua!

serviço: eu costumo servir à americana e sempre deixo um tempo longo servido, para tanto uso o rechaud para o prato principal.
uso as frutas como parte da decoração.

preparo: o patê pode ser feito um dia antes, o pernil pode ser feito antes e congelado.

o mais importante é o prazer de receber quem você gosta !

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

joelho de porco

precisava limpar, leia se: esvaziar urgente meu freezer, por conta da super safra de acerolas e frutas vermelhas, já que o pobre freezer não tinha espaço para mais nada e eu precisava urgentemente congelar as frutas da temporada. a opção foi retirar tudo o que fizesse volume.
então..
num destes dias, mais frescos, fiz os 4 joelhos de porco, que estavam tomando mais de meia gaveta do freezer, não fiz como faço habitualmente, mesmo porque eu ainda não estou em condições para isto. mas como fiz, foi aprovadíssimo!
quanto ao freezer, já está, de novo, com a lotação completa.
eu não tomo jeito mesmo...
sou uma exagerada incorrigivel!!


joelho de porco

num panela de fundo largo, coloquei os joelhos, 4 dentes de alho, 1 colher de sopa de sal grosso, folhas de louro e água até cobrir os joelhos, deixei que fervesse por 30 minutos.
depois disto, desprezei o caldo que se formou e temperei os joelhos com suco de laranja, paprica doce, paprica picante, sal fino, alho, tudo a gosto, levei ao fogo novamente numa panela de fundo largo e acomodei os joelhos no fundo da panela sem sobrepor, ao lado coloquei uns galhos de salsinha, folhas de louros, manjerona, tomilho fresco e pétalas grandes de cebolas.
deixei cozinhando no fogo baixo, quando dourou de um lado virei de outro, quando necessário, fui pingando água quente até que a carne estivesse tenra e dourada a meu gosto.

servi com repolho roxo feito com os temperos simples e cravos da india.
a geleia de maças e pimentas complementou o prato.
os acompanhamentos foram batatas cozidas e arroz branco.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

pudim de ricota da Carmencita

quando vi este pudim de ricota , postado no blog da Carmencita, fiquei imaginado como ficaria com as amoras pretas do meu jardim e não via a hora de fazer. ficou excelente. adoramos!
caso você não conheça o blog Da Caipirinha ao Cafezinho, não deixe de passar por lá, tem sempre pratos muito bons, boa musica, excelentes dicas, combinações exóticas, além do carinho que ela produz o blog, com fotos de alguns passos das receitas, vale a pena...
eu adoro este blog e infelizmente ainda não pude conhece-la pessoalmente!



o texto e a receita são da Carmencita

pudim de ricota

4 ovos
1 lata de leite condensado 395ml use o ligth se preferir
500 g de ricota amassada com o garfo (usei a caseira)
½ xícara de uvas passas pretas sem sementes (não usei)
1 colher (chá) de raspas de limão, ou se preferir gotas de baunilha


Coloque no liquidificador; os ovos, o leite condensado e a ricota. Bata até formar um creme homogêneo. Coloque essa mistura em uma tigela e adicione as passas e as raspas de limão. Misture bem com uma colher. Reserve

Unte com manteiga, uma fôrma média com buraco no centro, própria para microondas, usei uma de vidro. Despeje a mistura de ovos e ricota e leve ao forno de microondas por 10 minutos, na potência alta. Desenforme o pudim ainda morno.

a minha calda eu fiz assim:

1 xícara de amoras pretas, 1/2 limão espremido, 3/4 de xícara de açúcar e 1 xícara de agua. levei ao fogo baixo por 10 minutos.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

panquecas de arroz

golden and brown...

sim, mas são panquecas de arroz, para o nosso paladar ficam bem saborosas.
sirvo como acompanhamento de carnes.
com uma salada fica uma refeição completa!

panquecas de arroz


sobras de arroz aproximadamente 2 xícaras de arroz cozido
bater no liquidificador, com 2 xícaras de leite, 2 ovos, 1/2 xícara de óleo, sal e cheiro verde.
na tigela junto duas xícaras de farinha de trigo e 1 colher de sobremesa de fermento em pó e misturar o liquido até ficar uma massa grossa.

faço assim: aqueço uma frigideira anti aderente, unto levemente com óleo, e despejo a massa com a ajuda de uma conchinha no tamanho desejado, asso em fogo baixo, até que fique dourada, viro com uma espátula e douro do outro lado.

sábado, 12 de dezembro de 2009

pão de batata e cenoura

num sábado destes, no almoço teve pure de batatas e cenouras feito pela Juh, ficou muito bom! mas sobrou um pouco do pure, quase duas xícaras, então sugeri ao marido que fizesse pão para o lanche de final de tarde, com a sobra, usando como base a mesma receita do pão de mandioquinha, renderam três pães muito saborosos, a sugestão foi boa!

pão de batata e cenoura


aprox 2 xícaras de pure de batata e cenoura
1 xícara de leite
1 ovo
1 colher de sobremesa de sal
1/2 xícara de óleo
1/2 xícara de açúcar
2 colheres de sobremesa de fermento biológico seco granulado
farinha o quanto baste, aprox 5 e 1/2 xícaras

  1. misture parte da farinha ao fermento e aos demais secos
  2. misture bem o pure de batata e cenoura com o ovo, o leite e o óleo
  3. agregue a mistura da farinha e os líquidos alternadamente
  4. junte o resto da farinha
  5. sove a massa, fica uma massa bem delicada
  6. deixe crescer até dobrar de volume, abaixe novamente
  7. modele os pães e deixe crescer novamente
  8. assar em forno médio
neste ele abriu a massa, salpicou oregano e sobras de queijos ralado, enrolou e deixou crescer

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

50.000 thanks

nem acredito já são 50.000 mil visitas,
ainda no dia primeiro de maio eu postava os primeiros agradecimentos
pelas 5.000 mil visitas


então... agora 50.000 thanks !!!

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

bolo de amoras

ainda amoras...
fiz um bolinho simples com buttermilk e coloquei as frutinhas no meio da massa, conforme fatiava elas tingiam o bolo, ficou lindo!
mas esqueci de fotografar um pedaço, sorry...


bolo de amoras

2 xícaras de farinha de trigo, 1 e 1/2 xícara de açúcar, 1 colher de chá de bicarbonato de sódio e 1 colher de sobremesa de fermento em pó, peneirar tudo junto em seguida misturar gotas de baunilha, 1 ovo e 1/3 de xícara de óleo, e ir misturando aos poucos com uma xícara de buttermilk ( 1 xícara de leite com 2 colheres de vinagre que você deixou descansar por 10 minutos). misturar delicadamente as frutas (usei 1 xícara).
untar uma forma ou forrar com papel manteiga, colocar a massa e sobre ela colocar mais algumas amoras, assar em forno médio por 25 min. depois de frio polvilhar açúcar de confeiteiro.

de pertinho

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

cardápio de natal # 1

recebi um comentário, numa das ultimas postagens, pedindo sugestão para um cardápio de ceia.
acho que que já tenho material suficiente, aqui no blog, para montar duas ou três opções.
como a pessoa não me disse se mora no sul ou no norte, se a noite de natal será quente ou fria, darei as opções seguindo o critério do meu paladar.

espero que gostem!!!
para aperitivo:
patê de cenoura servido com torradas ou bolachinhas




para entrada:

salada de endívias ou outra salada de folhas


prato principal:




para sobremesa:






para o café:



sugestões:

arroz: sugiro dois, sendo um deles branco e outro pode ser "colorido": com passas, frutas secas, à catarina, com ervilhas frescas, legumes, enfim como for o paladar da sua casa

frutas: eu sugiro frutas da estação: como mangas e melão fatiadas em berço de gelo, uvas e pêssegos

step dish: caso você vá receber crianças tenha sempre uma massa ao sugo ou com molho branco que poderá ser servido aos pequenos, antes ou durante o jantar.
bebidas: sucos naturais acerola, abacaxi com hortelã, maracujá com capim santo, vinho branco gelado, cerveja, vinho tinto, espumante, refrigerantes, água e duas opções de digestivo um mais para doce um mais para seco.
não se esqueça de gelar o que deve gelar, ter gelo, rodelas de limão e laranja.
caso seja do seu perfil drinks com frutas ou destilados, inclua!

serviço: eu costumo servir à americana e sempre deixo um tempo longo servido, para tanto uso o rechaud para o prato principal.
uso as frutas como parte da decoração.

preparo: o patê pode ser feito um dia antes, a costela pode ser congelada e aquecida ano mesmo tempo que estiver assando as batatas, a base da farofa pode ficar pronta com atencedência.

o mais importante é o prazer de receber quem você gosta !

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

árvore do natal

esta é a minha árvore do natal...



é uma acácia imperial que está plantada no meu jardim,

todo final de ano ela fica assim,

com os cachos amarelos e praticamente sem folhas.

a acácia imperial (Cassia ferruginea) é também conhecida com chuva de ouro.

é uma árvore que simboliza a imortalidade.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

suspiros

sobrou claras, eram apenas quatro, pensei em fazer um pudim de claras ou bolo de claras, mas me lembrei que meu filho adora suspiros e resolvi fazer este agrado para ele!
aí, logo em seguida, veio meu acidente, acabei servindo muito cafezinho com suspirinhos

suspiros

uma porção de claras para 3 de açúcar peneirado, raspas de limão (usei siciliano).
bater as claras e juntar o açúcar ao poucos e deixar batendo por 15 minutos, até ficar uma massa espessa. usar o saco de confeitar e ir pingando em assadeira untada com margarina.
assar em forno moderado. retirar do forno, deixar esfriar e guardar em latas ou vidros bem fechados.

nota importante:
assar em forno semi aberto. (eu uso uma rolha na porta forno para impedir o fechamento completo da porta do forno)

minha tia Rosa, que me ensinou fazer esta delícia, tinha um pedacinho de madeira apenas para este fim.

mais suspirinhos

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

batata bolinha

estas batatas foram feitas de aperitivo no aniversário do Mah no início de outubro.
ele adora estas batatas bolinha e pelo jeito a moçada que veio, também gostou...

batatas bolinha

cozinhar as batatas, já lavadas e escovadas mas com cascas, sem sal, tomando o cuidado para que não desmanchem. uso uma panela grande, vou tirando as batatas já cozidas e colocando no tempero imediatamente.

tempero: no processador coloco cebola, alho, tomilho fresco, cebolinha, salsinha, depois de processado coloco tudo numa vasilha grande, tempero com sal, pimenta do reino, pimenta calabresa seca e muito azeite, conforme vou colocando as batatas, vou apenas sacudindo a vasilha sem mexer para não desmanchar as batatas.

estas servi quente, mas podem ser servidas geladas também.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

arroz colorido

a coisa andou complicada aqui em casa durante a minha recuperação...
especialmente para a Juh, já que nos finais de semana tinha sempre vestibulares e simulados e todo aquele sufoco de final de ano, final de curso.
eu sem animo para sair, como moramos entre duas cidades as entregas são complicadas e a refeições tinham que ser feitas...
mas a Juh, acabou se virando muito bem.
na cozinha produzindo pratos rápidos e saborosos e melhor ainda, nos vestibulares, pois já passou em três faculdades aqui da cidade e foi para a segunda fase da Unesp.
nem preciso dizer, que nos encheu de orgulho!

arroz colorido

numa vasilha misture arroz pré cozido, cheiro verde picadinho, tomates sem pele e sem sementes, presunto ou peito de perú, ervilhas, milho verde, tempere com oregano, sal, azeite e queijo parmensão ralado, junte algumas colheres de requeijão cremoso.
coloque num pirex cubra com queijo ralado no ralo grosso e leve ao forno para gratinar.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

panetones

estes panetones foram feitos no ano passado, acabei esquecendo a foto e quando percebi, já tinha passado a hora de postar.
então, aproveito para abrir com eles a minha temporada de natal aqui no blog.
costumo começar a assar panetones já no meio de novembro e sempre tem para o lanche da moçada, infelizmente este ano não foi assim...
não uso nem um tipo de conservante, a minha receita é bem antiga, foi tirada e adaptada da Claudia Cozinha # 351 de dez/90.

panetones

2 tabletes de fermento para pão (uso 2 colheres de sopa de fermento seco biológico)
1/2 xícara de água morna
1/2 xícara de leite morno
1 colher de chá de essência de panetone
1/2 colher de chá de sal
1 xícara de uvas passas brancas sem semente *
1 xícara de uvas passas preta sem semente *
1 xícara de frutas cristalizadas *
aproximadamente 6 e 1/2 ou 7 xícaras de farinha de trigo
1 e 1/2 xícara de açúcar
150 g manteiga a temperatura ambiente ( a receita original pede 200 g)
4 ovos grandes ligeiramente batidos ( a receita original pede 7)
* você poderá substuir por gotas de chocolate, damascos, ameixas, amêndoas, castanhas de caju.

faça assim:

* se você for usar o fermento fresco dissolva na agua morna e reserve
* se for usar o fermento seco misture numa xícara de farinha de trigo e reserve
  1. numa vasilha grande bata a manteiga com o açúcar, junte os os ovos inteiros até formar uma massa homogênea,
  2. acrescente a esssencia, o sal misture bem
  3. junte o fermento *
  4. comece a agregar a farinha com o leite (e água) alternadamente
  5. junte as frutas ou chocolate e misture
  6. eu uso uma colher de arame para este fim, mas pode ser usado o gancho ou colher de pau com furo no meio
  7. fica uma massa pegajosa
  8. coloque nas formas de panetones
  9. rende 2 grandes e 4 pequenos como o da foto
  10. deixe crescer até dobrar de volume
  11. asse em forno moderado, pré aquecido (180 C) até que dourem
  12. quase no final do tempo de forno, pincelo com manteiga
  13. congela muito bem