para compartilhar sabores e lembranças olfativas daqui e de outras terras...como o nhoque da nona, o arroz com bacalhau de vovô, as almondegas de minha mãe, o risoto de linguiça do meu pai, o thanksgiving dinner da mammy, o german chocolate cake da cindy, o doce de leite de tia mercedes, o doce de cidra da aninha, o doce de mamão da célia, o doce de pera da margarida, as pimentas da celha, os bolos da semiramis, os patês da rosana e por ai vai....


segunda-feira, 25 de julho de 2016

pão de frigideira # 145

esta receita foi a minha participação na 6a. rodada da Ciranda de Receitas,
a Ana Paula do blog Menu Criativo hospedou esta receita neste link aqui

pão de frigideira

3 xícaras de farinha de trigo aproximadamente,
1 colher de sopa de amido de milho
2 colher de sopa de açúcar
1 colher de sopa de sal
3 colheres de sopa de azeite
1 colher de sobremesa de fermento seco biológico
50 ml de aguardente
50 ml de agua
100 ml de buttermilk (100 ml de leite misturado a 2 colheres de vinagre branco)

misture todos os secos num bowl, faça uma cova e  e agregue os líquidos da seguinte forma, primeiro o buttermilk depois a agua, aguardente e azeite misturados ligeiramente com um garfo.
misture até que forme uma massa homogênea, sove ligeiramente e faça uma bola e deixe descansar por 30 minutos, depois deste tempo abaixe a massa e divida em duas partes, cada metade divida em 6 partes, faça bolinhas e deixe descansar por 30 minutos, em seguida abra com um rolo  dando forma circular ou oval.
aqueça bem um frigideira, panquequeira ou tapioqueira e sem untar coloque a massinha aberta, abaixe o fogo ao mínimo e asse dos dois lados, vai inflar, vire com cuidado sem furar.
perfeitos para a servir com geleias, patês e pastinhas.


esta receita rende 12 pães, a foto das bolinhas crescendo é de uma receita muito maior



  • sempre que tiver mais de um tipo de farinha peneire juntas para mesclar completamente
  • para que sua massa não escureça sempre misture o azeite na agua e mexa ligeiramente com um garfo
  • para fazer o buttermilk use sempre vinagre branco para não alterar o tom
  • antes de abrir massas com  rolo sempre é recomendando um descanso para relaxar o glúten
  • comece sempre abrindo as massas pelas bolinhas feitas primeiramente 
  • se o seu fogão tiver chama muito forte, faça o processo inverso, gire o botão com se fosse desligar e deixe uma chama bem fraquinha
  • guarde sua frigideira teflonada sempre protegida, eu cubro as minhas com toucas descartáveis de cozinha

Bookmark and Share
Print Friendly and PDF

quinta-feira, 21 de julho de 2016

ciranda de receitas - orapitangas apresenta Menu Criativo


dando seguimento a sétima rodada da Ciranda de receitas...agora estamos cirandando a cada quinze dias nos dando um pouco mais tempo para visitar todos os blogs participantes e tendo a chance de interagir um bocadinho mais, espero que os meus leitores também apreciem esta mudança!

hoje tenho como meu par a Ana Paula do delicioso Menu Criativo, mais uma blogueira jovem, super antenada, daqui da vizinhança também e alguém que já pude abraçar, o que é muito bom!
Ana nos brinda com uma cozinha pratica, versátil e postagens sempre atuais. ela está sempre presente nos lançamentos e acontecimentos gastronômicos  da região e nos contas as novidades com fotos lindas. 
enfim o Menu Criativo é uma delícia de blog além de ser perfumado e cheio de aroma, se você ainda não conhece, passe por lá e dê uma olhada especialmente na guia de temperos, é imperdível, já que a Ana adora especiarias! 
agora com a palavra a Ana Paula, que trouxe uma entrada sensacional, daquelas bem fáceis e cheia de sabor, viu, não falei que ela é pratica!  
ah sim...deixei uma receita minha no Menu Criativo, desta vez um pão de frigideira, bem fácil para comer rasgado, tá bom!

"Que alegria ser par dessa querida!! Fico com água na boca com os pães lindos que a Angela faz!
Quando escolhi a receita para estar aqui no Ora Pitangas, pensei: O que poderia combinar com os pães deliciosos dela? Então separei esse camembert assado, que fica delicioso, é super prático e combina muito bem com pães e torradas! Espero que gostem!"

Camembert Assado

link aqui
(Rende 1 porção para 4 pessoas - Tempo de Preparo: 1 hora)

1 queijo camembert
1/2 rolo de massa folhada já comprada pronta
1 ovo batido
geleia de pimenta ou uma geleia de sabor de sua preferência

Coloque o queijo sobre a massa folhada e embrulhe-o com a massa.


Leve ao congelador por 15 minutos.
Retire do congelador, coloque em uma assadeira, pincele o ovo sobre a massa e leve para assar até ficar dourado.
Retire do forno, espalhe geleia em volta e sirva.

fiquei aqui imaginando a delícia que deve ser este queijo com geleia numa lasca do meu pão de frigideira!

nesta quinta, a ciranda continua, agora quinzenal, mas sempre as quintas!
não deixem de conferir as postagens dos blogs participantes desta rodada

Bookmark and Share
Print Friendly and PDF

sábado, 9 de julho de 2016

cufa de maçã # 144

esta receita foi a minha participação na 6a. rodada da Ciranda de Receitas,
a Marisa do blog Sabores da Vida,  hospedou esta receita neste link: http://saboresdavida.net.br/?p=3479


cufa de maçã 


1a. etapa
prepare as maçãs, usei duas grandes, mas fica a gosto, tire as semente e as cascas e pique em cubos de 1 cm aproximadamente, esprema suco de um limão, junte 2 colheres de sopa de açúcar e canela em pó a gosto, junte uvas passas sem sementes usei preta e clara (opcional) e  reserve 


2a. etapa:

200 ml de agua mineral

1 ovo

2 colheres de manteiga

2 colheres de óleo de girassol

5 colheres de açúcar

1 colher de chá de sal

Misture tudo com um fouet ou use um copo de shake. Na tigela coloque 2 xícaras de farinha de trigo e misture bem com uma colher de sopa rasa de fermento biológico seco, junte os líquidos misture até agregar, ficará um massa pegajosa, deixe descansar por 10 minutos


3a. etapa:
com auxilio de uma peneira escorra as maçãs, nesta altura o liquido e o suco de limão deve ter ligeiramente hidratado as passas, caso você tenha usado


4a. etapa
misture as maçãs na massas e sove ligeiramente agregando aproximadamente uma  xícara ou um pouco mais de farinha até ficar uma massa homogênea porem bem macia, pois será uma massa para ser aberta com as mãos, deixe crescer num bowl untado com óleo ou azeite, até que comece a levedar, aproximadamente uma hora


5a. etapa
ainda no bowl, com as mão ligeiramente untada,  abaixe a massa apenas para extrair o ar, não é uma massa para sovar, unte uma assadeira, costumo usar quadrada, e coloque a massa na assadeira, espero uns 10 minutos e após este tempo abra a massa com as mãos untadas, cobrindo toda extensão da assadeira, deixe crescer por mais 30 minutos


6a. etapa 
prepare a farofa assim: farinha e açúcar em partes iguais, costumo usar um pouco mais de meia xícara de cada, canela a gosto e 3 colheres de sopa manteiga amolecida, uso dois garfos para misturar, um em cada mão, mas você poderá esfarelar entre as mãos ou misturar como desejar, o importante é que fique uma farofa


7a.etapa: 
cubra a massa com a farofa e leve ao formo pré aquecido por aproximadamente 30 minutos ou até que esteja dourada


  • esta massa leva mais fermento em proporção a quantidade de farinha, isto se deve por ser uma massa mais doce e rica de gordura
  • copo de shake, gosto de fazer a pré mistura dos líquidos com o ovo num copo destes, facilita muito, não suja liquidificador e mistura muito bem
  • a quantidade de farinha é variável, por conta da qualidade da maçã, mais ou menos hidratada, do tamanho dos ovos, portanto não se assuste se for mais ou menos farinha
  • quanto mais lenta for a fermentação mais macia será a sua massa

Bookmark and Share
Print Friendly and PDF

quinta-feira, 7 de julho de 2016

ciranda de receita - orapitangas apresenta Sabores da Vida

dando seguimento a sexta rodada da Ciranda de receitas...
hoje tenho como meu par a Marisa, do delicioso Sabores da Vida.
cheguei ao blog da Marisa, por acaso, levada por uma foto de um bolo, que vi no side roll de algum blog que visitava, fui conferi e adorei o que vi... 
fiquei horas lendo as postagens e admirando as fotos, logo conclui que ela adorava bolos, a acompanhei enquanto vivia na Alemanha e no seu retorno ao Brasil, o tempo foi passando e foi uma imensa surpresa encontra-la em 2014 num evento em São Paulo, tivemos a chances de estar juntas por algumas horas, prazer este que se repetiu em 2015. Marisa é uma pessoa sensacional!
ela tem toda a minha admiração, está sempre fazendo cursos, se atualizando e no seu blog tem sempre referencias de bons livros, programas de culinária internacionais, além de fotos e louças lindas! bem se você não a conhece, faça uma visita ao delicioso Sabores da Vida, aproveite a ciranda e dê uma espiada geral no blog, tenho certeza que vai te agradar.

agora com a palavra a Marisa, que trouxe uns muffins de banana, daqueles perfeitinho para comer sem culpa, viu, não falei que ela adora bolos!
ah sim...deixei uma receita minha no Sabores da Vida, desta vez  um pão doce, tá bom!

"E mais uma semana passou e a ciranda rodou e cá estou eu no cantinho da Angela..
sim o meu par desta semana tem mãos de fada e faz aqueles pães fabuloso que vocês já conhecem e se não conhecem, tem que conhecer!!
Estou super feliz em tê-la como meu par, pois esta amizade já saiu do mundo virtual e já pudemos nos conhecer, nos abraçar, rir juntas e se divertir em duas ocasiões nos eventos do Encontro Gourmet e foi um prazer encontra-la para além do virtual e descobrir o doce de pessoa que ela é!!
Obrigada por me receber nesse seu espaço tão cheio  de aconchego e deliciosas receitas!!"






Muffin integral de banana com cacau e canela

Ingredientes
4 bananas maduras amassadas
1/2 xícara de óleo
1 ovo batido
1 xícara de farinha integral
1/2 xícara de açúcar mascavo
1 colher de sopa de canela
1 colher de sopa de cacau em pó
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colher de sopa rasa de fermento em pó




Preparação
Misture o ovo batido com o óleo e bata com um batedor de arame. Em uma vasilha misture os ingredientes secos (farinha, açúcar, canela, cacau, bicarbonato e fermento). Junte o líquido aos secos e por último adicione as bananas amassadas misturando leve e rapidamente. Divida a massa nas forminhas de muffins. Leve ao forno preaquecido a 180ºC, por cerca de 20 minutos. Rende 12 muffins.

 fiquei aqui imaginando a delícia que estes muffins devem estar...



nesta quinta, a ciranda continua, mas temos uma mudança, de agora em diante a nossa Ciranda de Receitas  passará a ser quinzenal, sempre as quintas!
não deixem de conferir as postagens dos blogs participantes desta rodada.












Bookmark and Share
Print Friendly and PDF

sábado, 2 de julho de 2016

pão de cebola caramelizada # 143

esta receita foi a minha participação na 5a. rodada da Ciranda de Receitas.
a Aninha do blog Ana Claudia na Cozinha hospedou a receita neste  link aqui



pão de cebola caramelizada




massa feita para fermentação noturna ( fiz próximo das 22 horas)



bater uma cebola grande (minha era enorme pesava quase 300 g), com 500 ml de agua mineral, 6 colheres de sopa de azeite , 4 colheres de sopa de açúcar e 1 colher generosa de sal, bater muito bem até que a cebola se desmanche, reserve.

num bowl grande coloque um quilo de farinha de trigo e 3 colheres de chá de fermento seco granulado, misture bem para agregar e em seguida junte a batida de cebola, conforme necessário vá agregando farinha, nesta etapa e na sova usei mais duas xícaras, mas é claro que tudo depende do tamanho da cebola que você for usar. sove até que fique uma massa lisa e homogênea. boleie a massa, faça picos e deixe descansar durante toda a noite,

na manhã seguinte, sove ligeiramente a massa em superfície polvilhada com farinha e bolei novamente para crescer enquanto você prepara o recheio e a cobertura.



recheio:

leve ao fogo alto cebolas (usei 4 médias) fatiadas em rodelas ou pétalas, fatiadas finas, polvilhe com 1 colher de açúcar para cada cebola que usar e junte uma colher de chá de vinagre branco, se possível use uma frigideira de fundo largo e grosso, mexa de forma que não junte agua até que atinjam a cor dourada e ligeiramente caramelizadas, se preferir bem escura recomendo usar uma ou duas colheres de molho de soja, retire do fogo e espalhe as cebolas num assadeira para esfriem rapidamente.



cobertura:


na mesma frigideira coloque cebolas processadas (usei 1 grande) ou cortadas em cubos, polvilhe apenas açúcar e mexa até que murchem, não precisa escurecer pois vai pegar cor no forno, assim que estiver pronta junte 2 ou 3 colheres de sopa de azeite e aguarde esfriar.



montagem:

abra a massa em retângulo, espalhes as pétalas ou rodelas de cebola, enrole como rocambole, posicione numa assadeira grande devidamente untada, no sentido diagonal caso deseje fazer um pão grande ou se preferir faça dois pães menores.

cubra o pão com a cebola processada, o azeite é justamente para ajudar espalhar melhor, faça pequenos picos com a tesoura de cozinha e por ultimo salpique queijo ralado, usei parmesão.
espere crescer por mais 45 minutos e leve ao forno pré aquecido por pelo menos 10 minutos, asse os primeiros 15 minutos em 220 graus e depois mais 30 minutos em 200 graus ou até que atinja a cor desejada.assim que possível, retire da assadeira e transfira para a tábua de corte ou grade para esfriar.


· pães com grãos, ervas e cebolas aceitam fermentação noturna, fora da geladeira, desde que a temperatura esteja razoavelmente fria ou seja cozinha perto de uns 20 graus durante a noite

· se você optar pela fermentação noturna, divida esta massa em duas bacias ou bowls para evitar extravasamento e consequentemente massa para todo o lado

· cubra cada uma com plástico (sacos vazios de arroz, são excelentes para este fim, comece guarda-los) prenda externamente com fita crepe, filme plástico caso seja possível aderir na parede externa do seu recipiente ou então use um pano umedecido

· nunca use toalha de cozinha ou pano de prato, compre pano especificamente para cobri massas, pode até ser saco de fazer guardanapo, inclusive até prefiro

· lave separado, nunca use amaciante, faça uma marcação e guarde apenas para este fim

· deixe fermentando na bancada da cozinha, granito ou mármore beneficiam a fermentação lenta, porém coloque em local abrigado de vento, pois massas fermentadas não aceitam vento



Bookmark and Share
Print Friendly and PDF

quinta-feira, 30 de junho de 2016

ciranda de receitas - orapitangas apresenta Ana Claudia na cozinha


dando seguimento a quinta rodada da Ciranda de receitas...
hoje tenho como meu par a vizinha e afilhada Aninha, do delicioso Ana Cláudia na cozinha .
aqui cabe esclarecer o porque do afilhada...
faz um bom tempo, num dos comentários do meu blog recebo algo mais ou menos parecido com isto " você me inspirou a blogar" uma pena que não registrei em qual postagem foi, lamentavelmente deve ter sido aqueles famosos cinco segundos de bobeira, enfim, talvez ela saiba.
diante disto, fui conhecer o blog da pessoa que comentou e achei uma graça e comentei com a minha filha, veja só, a moça que disse que eu fui inspiração para blogar, cozinha muito e bem, acredita que é aqui da cidade, pensamos, que coincidência!
bem, os nossos laços foram se estreitando via blogs e a minha admiração por ela crescendo, até que um dia, já em outra mídia, a vejo comentar algo com o irmão e quando me dou conta, a cunhada respondeu e era a minha vizinha.  pronto caiu a minha ficha, o irmão dela morava na rua debaixo da minha rua, claro que não me contive e entrei in box e a intimei, que assim que viesse no irmão, parasse me ver, felizmente ela não demorou muito, veio uma ou duas semanas depois.
foi uma delícia recebe-la aqui em casa, ainda que para um papo rápido, Aninha gentilmente me trouxe um vasinho de flores e eu retribui com sequilhos de coco.
depois disto nossa amizade extra blog tomou corpo, sempre nos falamos, ela sempre muito atenta e atenciosa com a dinda, sim ela me chama de "dinda", adoro isto! 
bem, se alguém ainda não conhece  blog da Aninha, aproveite acesse o link e passe por lá para visitar, tenho certeza que vai ser um excelente experiência!

a cozinha da Aninha é sensacional (claro que eu já provei alguns dos sabores da cozinha desta cozinheira de mão cheia), os pratos bem elaborados e cheios de sabor, tem muita coisa da cozinha do interior, mas não é só isto, ela é super caprichosa na apresentação, esmera na decoração, gosta de colocar mesas lindas, tudo muito arrumadinho e com bom gosto e além de tudo, a considero uma moça corajosa, pois quase sempre encara o fogão a lenha e preparar delícias para familiares e amigos, por todos estes motivos além de muito feliz, me sinto muito honrada em recebe-la aqui no blog, ainda mais um com prato colorido e saboroso como a moqueca que ela nos trouxe.
agora com a palavra a Aninha, ah sim...deixei uma receita minha no Ana Claudia na cozinha, um pão tá bom!



"Hoje tenho a hora de estar aqui neste cantinho que sou super fã, minha musa inspiradora na cozinha, a melhor padeira que conheço e que tem um dom e uma paciência infinita para me ajudar sempre que preciso.
Muitos sabem que comecei a blogar justamente por causa da angela por isso a minha felicidade é imensa em estar aqui.
Confesso que estava ansiosa por esse momento por isso resolvi trazer uma moqueca de peixe bem saborosa para poder ficar a altura dessa cozinha tão cheia de carinho, sabores, texturas e cores!"




Moqueca de Peixe
Ingredientes:
kg de peixe em postas (usei badejo bem carnudo)
cebola grande cortada em rodelas
pimentão verde em rodelas (usei um pedaço de cada cor de pimentão
3 tomates (2 picados em cubos sem sementes e 1 em rodelas)
4 dentes de alho picados
1 colher de sopa de colorau
Sal a gosto
Suco de 1 limão
1 vidro de leite de coco
1 colher de sopa de azeite de dendê
1 maço de coentro (não usei, coloquei salsinha no lugar)
3 colheres de sopa de azeite


Modo de preparo:
Aqueça uma panela refogue no azeite o alho picado. Junte a cebola e o pimentão e até amolecer rapidamente.
Acrescente os tomates picados,o colorau e o azeite de dendê, refogue por 2 minutos e despeje o leite de coco, ferva por 3 minutos;
Coloque metade do coentro picado (usei salsinha) e misture. Acerte o sal.
Arrume os pedaços de peixe sobre o molho, regue com o suco de limão, coloque a salsinha (reservei um pouco para colocar depois de pronto) e disponha as rodelas de tomate por cima. Tampe e deixe cozinhar até o peixe estar cozido e macio.

fiquei aqui imaginando a delícia que deve estar esta moqueca...

nesta quinta, a ciranda continua
não deixem de conferir as postagens dos blogs participantes desta rodada

Bookmark and Share
Print Friendly and PDF

quinta-feira, 23 de junho de 2016

pão básico com pré fermento # 142

esta receita foi a minha participação na 4a. rodada da Ciranda de Receitas e a Mel do blog ArtesdaMel hospedou a receita neste link aqui



pão básico com pré fermento
 
pré-fermento:

3/4 de xícara) de farinha de trigo branca
60 ml de água mineral
1 colher (café) de fermento biológico seco
1 colher (chá) de açúcar
  1. misture os ingredientes secos
  2. faça uma cova e vá incorporando a água aos poucos, até formar uma massa homogênea.
  3. coloque em um vidro, cubra com filme plástico
  4. faça pequenos furos com um palito
  5. deixe descansar entre 6 e 8 horas em local abrigado do vento

massa:
aproximadamente 4 xícaras de farinha de trigo branca
2 colheres de sopa de açúcar (pode ser mascavo, branco, demerara)
1 colher de chá de fermento seco
1 colher de sopa rasa de sal
2 colheres de sopa de óleo ou azeite
350 ml de água mineral
  1. misture 3 xícaras da farinha de trigo branca peneirada com todos os secos
  2. faça uma cavidade no centro
  3. no vidro que está o pré fermento, coloque a metade da agua e dissolva
  4. despeje esta mistura na cavidade
  5. com restante da agua, "limpe" o vidro e despeje sobre a massa
  6. misture bem e assim que der passe para a bancada
  7. inicie o processo de sova utilizando a farinha de trigo reservada
  8. assim que a massa deixa de grudar nas mãos, faça uma bola
  9. faça picos na massa
  10. coloque em um bowl enfarinhado e cubra com plástico

procedimento intermediário:
  1. quando a massa estiver crescida, enfarinhe as mãos e abaixe a massa no próprio bowl
  2. repita este procedimento por mais duas ou três vezes
moldagem:
  1. antes de moldar, leve a massa para a bancada enfarinhada
  2. abaixe a massa e sove ligeiramente
  3. divida a massa em 2 partes e modele os pães
  4. pode usar uma forma de pão, neste caso é melhor untar com azeite para facilitar a retirada
  5. se optar por modelar uma bola ou outro formato conforme desejar, asse em um tabuleiro levemente enfarinhado
  6. deixe a massa crescer por mais 30 a 40 minutos
  7. asse em forno pré aquecido
  8. por aproximadamente 40 minutos
  9. retire do forno e deixe esfriar, de preferência sobre uma grade







  • use um vidro de conserva com a a boca larga, esterilize e o use apenas para este fim
  • para cobrir a massa em crescimento, uso toucas plásticas descartáveis, sabe aquelas que nós dão em hotéis, na verdade como uso muito compro aos centos
  • fica mais fácil a utilização da touca para abrir e fechar a massa
  • nunca deixe qualquer tipo de pão esfriar na assadeira, não é recomendado umidade no "solado" dos pães
  • assim que sair do forno, retire do tabuleiro com uma espátula metálica, uso espátula de pintor de cabo curto (comprada em loja de material de construção) e transfira pra uma grade 
  • se for assado em forma alta de pã.o, passe uma faca ao lado, sacuda, retire e passe para a grade 
  • uso aqueles suportes metálicos com pé que vem de acessório em micro-ondas, tenho dois, também  uso outras grades, como por exemplo de churrasqueira ( comprada avulsa em supermercado mesmo) que apoio em latas de leite condensado vazias para estarem elevadas da bancada e permitir a circulação de ar por baixo dos pães, improvisações são bem vindas!

ciranda de receitas -orapitangas apresenta artes da Mel



dando seguimento a quarta rodada da Ciranda de receitas...hoje tenho como meu par a vizinha Mel, do ArtesdaMel, um doce de menina, ligada nas artes, com uma cozinha super pratica e interessante com uma pegada mais natureba, sou sua grande admiradora na culinária e também do seu lado "arteiro" com aventuras na pintura, decoupage, biscuit, bijuterias, costura, decoração...
bem, se você ainda não conhece, não deixe de visita-la, tenho certeza que você irá adorar.
o blog da Melzinha é sensacional, lá você encontra variedades de pratos e artes, inclusive a linda festa que ela produziu para a sua pequena e muito mais do que apenas boas receitas!!!
uma honra recebe-la aqui no blog ainda mais com uma receita de torta de berinjela, adoro tortas deste tipo e a da doce Melzinha é com berinjela que tanto amo. 
ah sim...deixei uma receita minha no ArtesdaMel, um pão tá bom!


adorei esta apresentação... não digo que ela é criativa!!!



Torta de Berinjela

Ingredientes:

Massa

-3 ovos;

-1 xícara (chá) de leite;

-1/2 xícara (chá) de azeite;

-2 e 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo;

-sal a gosto;

-1 colher (sopa) de fermento químico;

Recheio

-1 cebola média picada;

-2 dentes de alho;

-3 colheres (sopa) de azeite;

-2 berinjelas cortadas em cubos;

-2 tomates sem pele e sementes picados em cubo;

-1 xícara de tomates cereja cortados ao meio;                                      

-salsinha e cebolinha a gosto;

-1 xícara (chá) de queijo meia-cura cortado em cubos (usei um pouco de queijo branco);

-1/2 xícara de folhas de hortelã picadas



Modo de Fazer:

Massa

-Unte e enfarinhe uma forma retangular média e reserve;

-Pré-aqueça o forno a 180º;

-No liquidificador bata os ovos, o leite, o azeite e o sal.

-Em uma vasilha misture com a farinha e o fermento.

-Despeje a massa sobre a forma e acrescente por cima o recheio.

Recheio

-Em uma panela refogue no azeite a cebola e o alho;

-Acrescente a berinjela até ficar macia; após junte o tomate picado, o sal, a salsinha e a cebolinha a gosto e as folhas de hortelã.

Montagem

-Sobre a massa espalhe o refogado de berinjela;

-Por cima distribua os tomates cereja cortados ao meio e os cubinhos de queijo

-Leve pra assar por aproximadamente 45 minutos


fiquei aqui imaginando a delícia que deve ficar este torta...

nesta quinta, a ciranda continua
não deixem de conferir as postagens dos blogs participantes desta rodada


Bookmark and Share
Print Friendly and PDF