para compartilhar sabores e lembranças olfativas daqui e de outras terras...como o nhoque da nona, o arroz com bacalhau de vovô, as almondegas de minha mãe, o risoto de linguiça do meu pai, o thanksgiving dinner da mammy, o german chocolate cake da cindy, o doce de leite de tia mercedes, o doce de cidra da aninha, o doce de mamão da célia, o doce de pera da margarida, as pimentas da celha, os bolos da semiramis, os patês da rosana e por ai vai....


segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

tartelete de maça e amora

usando a minha receita de massa de apple pie (descobri que nunca postei uma apple pie, lamentável... prometo corrigir isto brevemente) fiz estas tarteletes de maças e amoras silvestres.
na verdade, as tortinhas das minhas memórias eram de maças com mirtilos, mas na falta deles e na super safra de amoras optei pela substituição, ficaram excelentes.
claro que não era uma blueberry and aplle pie, mas não ficou devendo nada, rendeu uma tortinha umida e deliciosa com a nossa saborosa frutinha silvestre.
sempre que tenho uma opção ainda mais orgânica, procuro fazer a substituição e na grande maioria das vezes tem dado muito certo. isto me agrada muito!
servi como se deve (segundo o meu paladar), morninha com sorvete de creme.



tarteletes de maça com amoras silvestres

massa
2 xícaras de farinha de trigo peneirada
4 colheres de açúcar
1 pitada de sal
120 g de manteiga gelada
1 colher de sobremesa de baunilha
3 ou 4 colheres de agua

fazer a massa, manuseando muito pouco com a ponta dos dedos até obter uma massa lisa, dividir em 2 partes e levar para a geladeira por 20 minutos, devidamente embrulhadas em filme plásticos.
depois deste tempo, abrir e forrar cada forminha de tartelete, furar e rechear.

recheio

picar as maças, sem cascas em cubos (usei 3 fuji), envolver como se fosse empanar, numa mistura de 2 colheres de sopa de farinha de trigo, 1 colher de sopa de amido de milho, 1 colher de chá de canela e 3 colheres de açúcar, colocar dentro das tortinhas, espalhar as amoras (1 xícara de chá), salpicar com o resto da misturinha de farinhas e açúcar, colocar um pitada de manteiga sobre cada recheio, cobrir a tortinha, pincelar com leite, peneirar açúcar sobre cada uma, fazer talhos na cobertura e levar para assar até dourar.
rendimento: uma torta de 22 cm ou 4 tarteletes de 8 cm

15 comentários:

  1. Hum coisa boa.
    Fiquei aqui com água na boca.
    Beijos
    Patty

    ResponderExcluir
  2. Querida Angela
    Adotei as tarteletes.
    E' muito fácil de fazer!
    Um grande e forte abraço de quem te adora
    Léia

    ResponderExcluir
  3. Que maravilha Angela! Já estou pensando no sabor que fica, hummm... Dificilmente vou resistir! Mas, quem pode resistir a uma receita dessas? Abraços!

    ResponderExcluir
  4. what a great blog! here is so many inspiration!

    have a nice time,
    Paula

    ResponderExcluir
  5. Oi Angela, essa massa é muito boa, eu faço com uma receita bem parecida, e o seu recheio parece uma delícia!!bjs
    Maura

    ResponderExcluir
  6. Com amoras nunca fiz mas sou super fã de tartes de maçã... deliciosas envolvidas na canela :)

    ResponderExcluir
  7. Que maravilha de tortinhas Ângela, amei!!!
    Beijos,
    Fabi

    ResponderExcluir
  8. angela,

    qdo fui moderar seu comentário lá no meu blog, cliquei em "excluir", em vez de "publicar". por favor, mande novamente?

    bj

    ResponderExcluir
  9. Angela, adorei a mistura, deve ter ficado muito bom! E bom que são individuais, dá até para congelar!
    Beijocas!

    ResponderExcluir
  10. Lindas tortinhas e uma maravilha de receita principalmente agora no final do ano que sempre levo algo para alguém, adorei!


    www.saboresdalica.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Minha amiga,

    Fico esperando o dia de poder tomar um cafezinho com voce...rsss...enquanto a oportunidade não aparece gosto de ficar olhando as delícias da sua cozinha...que tortinha mais gostosa,puxa! O sorvete eu dispenso, prefiro uma xicara de café? Pode ser?

    Thank´s!!!

    Ah, e a sua filha? Algo novo no horizonte? Depois me conta!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  12. Bravíssima, mais uma receitinha anotada aqui e que me deixou com água na boca!
    Bjuss!!!

    ResponderExcluir
  13. Angela, essas amoras silvestres são muito melhores e mais saborosas do que aquelas gigantes...sua tortinha ficou ótima,
    bjs
    Paula

    ResponderExcluir
  14. Angela,

    Só pela 'casquinha' já dá pra ver que as suas tortinhas ficaram deliciosas. Aqui a gente encontra bluberries frescas com facilidade, mas ainda não achei um frutinho sequer, que não fosse meio insípido, então acho que prefiro mesmo a opção das amoras, rsrs.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  15. Nossa!!!Lindo e muito apetitoso!!Que delícia que deve ter ficado esta torta!!Muito bom!! Bjs
    http://nacozinhadothiago.blogspot.com

    ResponderExcluir

ora, pitangas!!! quer ouvir voce.
caso voce não tenha blog ou e mail da g mail, ainda assim poderá comentar, quando aparecer "escolher uma identidade" abaixo da caixinha de comentários, clique na última opção - anônimo, mas não esqueça de assinar, só assim saberei quem é voce.
obrigada!