para compartilhar sabores e lembranças olfativas daqui e de outras terras...como o nhoque da nona, o arroz com bacalhau de vovô, as almondegas de minha mãe, o risoto de linguiça do meu pai, o thanksgiving dinner da mammy, o german chocolate cake da cindy, o doce de leite de tia mercedes, o doce de cidra da aninha, o doce de mamão da célia, o doce de pera da margarida, as pimentas da celha, os bolos da semiramis, os patês da rosana e por ai vai....


segunda-feira, 10 de novembro de 2014

pavlova

de vez em quando tenho muitas claras por aqui, uso bastante em bolo de claras, pudim de claras e suspiros.
mas nesta época do ano é um martírio assar suspiros, forno ligado direto, meio aberto, a cozinha pega fogo.
precisa aproveitar as claras, safra de maracujá em curso e precisava de uma sobremesa, perfeito, pavlova!
sempre uso a receita da Nigella, que é certeira, deliciosa e não dá erro.

pavlova de maracujá
receita e texto daqui

ingredientes:

4 claras
pitada de sal
250 g de açúcar
2 colheres (chá) de amido de milho
1 colher (chá) de vinagre de vinho branco
1/2 colher (chá) de extrato de baunilha
200 ml de creme de leite (usei de caixinha)
2 ou 3 maracujás (e/ou outras frutas, de preferência mais azedas)
coco ralado (opcional, não usei)


Preaqueça o forno em 180°. Risque um círculo de 20 cm num pedaço de papel manteiga e reserve-o juntamente com uma assadeira (geralmente uso a de pizza).
Usando a batedeira, bata as claras com o sal até que forme picos lisos. Com a batedeira ligada, vá jogando o açúcar, em colheradas, até que surja um merengue firme e brilhante. Fora da batedeira, salpique o amido de milho e acrescente o vinagre e a baunilha. Incorpore com a ajuda de uma espátula, com cuidado, sem misturar muito, apenas para incorporar mesmo. Separe uma colher de chá do merengue e ponha sobre a forma, bem no centro. Ponha então o papel por cima: o merengue vai segurá-lo no lugar. Despeje o merengue com cuidado sobre o papel, formando a base da pavlova, seguindo a linha do círculo e achatando um pouco o topo. Você pode deixar as laterais bem lisas ou formar picos, caso queira. 
Leve ao forno e imediatamente baixe a temperatura para 150°. Deixe assar por cerca de 1 hora e 15 minutos: ele deverá crescer e ficar bem seco e quebradiço. Desligue o forno, abra a porta e deixe esfriar completamente.
Retire o papel manteiga da base e aqui você tem duas opções: a Nigella costuma inverter a base e usar o fundo como topo. Eu prefiro deixá-la na mesma posição em que assou, acho que fica mais bonito.
Separe a base num prato de servir. Se você for usar creme de leite fresco, bata-o até atingir o ponto anterior ao chantilly. Se usar o de caixinha, simplesmente despeje-o sobre o topo da pavlova (se usar o de lata, tire o soro). Corte os maracujás e despeje-os com uma colher sobre a pavlova. Caso vá usar alguma outra fruta, finalize com ela. Outra opção é polvilhar coco ralado por cima.

Fonte: Feast: Food that celebrates life – Nigella Lawson.


as minhas considerações:

  • assim como Lua Limaverde do delicioso Quiche de Macaxeira, prefiro deixar na mesma posição que assei,
  • de vez em quando uso creme de leite, mas nesta usei creme de confeiteiro e creme de leite, tinha uma sobra, aproximadamente uma xícara de creme apenas no centro
  • para a cobertura, fiz uma caldinha com açúcar e um pouco de amido de milho, caldinha rala e despejei sobre a pavlova, na verdade exagerei na calda, que nem se vê o creme
  • meu forno a gás não tem 150 graus portanto assei como asso suspiros, semi aberto,  com uma rolha na porta
  • poderia ter assado no elétrico que tem esta temperatura, mas minha assadeira era muito grande para o forno e eu não quis mexer para trocar de assadeira



Bookmark and Share
Print Friendly and PDF

13 comentários:

  1. Querida Angela se tem uma sobremesa que tenho receio de fazer é a pavlova. Nunca dá certo, porem, essa receita da Nigella me interessou e vendo como ficou o seu, vou tentar fazer, tenho algumas claras congeladas e me deu vontade. Ficou lindo o seu. Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Josy querida, esta receita é muito boa, sempre dá certo, porem nunca fiz com claras congeladas, mas acredito que dê certo pois para fazer suspiros uso sem problemas, monta em picos super bem. bjs

      Excluir
  2. Já tentei fazer três e nunca deu certo ou queima ou baixa, já desesti
    Essa sim ficou tão linda
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São tente esta receita, acho que vc vai gostar. bj

      Excluir
  3. Que bonita e atractiva ficou a tua Pavlova! Gosto imenso, mas também sou das que hesita sempre... Só não aprecio as sementinhas do maracujá no molho, mas podem coar-se, não é?
    Um abraço da Bombom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pavlova é muito tranquilo, sim você pode coar ou usar outras frutas, faço sempre com maracujá porque tenho muitos, nossa produção é muito grande, bj

      Excluir
  4. Oi!
    Vim dar uma espiadinha e te convidar para conhecer meu mais novo projeto e também para aproveitar o desconto de 20% em brinquedos educativos para leitores do blog!!!
    http://coisasdamaura.blogspot.com.br/2014/11/brincar-pode-ir-muito-alem-da-diversao.html
    Bjs,
    Maura

    ResponderExcluir
  5. Eu faço coro com a São e a Josy, mijnhas pavlovas nunca deram certo, por isso desisti de fazer. Até pudim de clara não consigo, apesar de gostar muito.
    QUal é o segredo para ficar linda como a sua, Angela?
    Bj,
    Lylia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lilya, o segredo e bater muito, ficar como uma massa, uns 15 minutos, de resto é só. beijos querida!

      Excluir
  6. Adoro pavlova, mas nunca fiz. Agora, depois de ver esta receita, acho que me animo.

    Adorei o seu blog. Passe para ver o meu também.

    Isabel Gomes

    http://osmeusremedioscaseiros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Mammy querida
    Adoro pavlova e acho uma sobremesa muito chic!
    Adorei a tua receita com maracujá, pois acho que deve "quebrar" o doce do merengue!
    Te desejo um lindo dia!
    Mil bjos cheios de muitas saudades.
    Léia

    ResponderExcluir
  8. Já saindo com a receitinha embaixo do braço... Bjão minha querida

    ResponderExcluir
  9. Vou ter que fazer, sempre tenho claras de sobra :)

    ResponderExcluir

ora, pitangas!!! quer ouvir voce.
caso voce não tenha blog ou e mail da g mail, ainda assim poderá comentar, quando aparecer "escolher uma identidade" abaixo da caixinha de comentários, clique na última opção - anônimo, mas não esqueça de assinar, só assim saberei quem é voce.
obrigada!