para compartilhar sabores e lembranças olfativas daqui e de outras terras...como o nhoque da nona, o arroz com bacalhau de vovô, as almondegas de minha mãe, o risoto de linguiça do meu pai, o thanksgiving dinner da mammy, o german chocolate cake da cindy, o doce de leite de tia mercedes, o doce de cidra da aninha, o doce de mamão da célia, o doce de pera da margarida, as pimentas da celha, os bolos da semiramis, os patês da rosana e por ai vai....


domingo, 16 de janeiro de 2011

blogagem solidaria SOS desabrigados

assim como a Rê, Fla, Iliane, Gina. Fabi, Mari, Tati e tantos outros blogs queridos, também faço parte desta blogagem solidaria, em prol daqueles que neste momento, precisam muito de tudo, material e espiritualmente.

sejamos solidários!!



Como todos tem acompanhado, mais uma tragédia se abateu no nosso país em detrimento das chuvas que não param de cair, portanto, sejamos mais uma vez solidários:

Estejam atentos aos postos de coleta de donativos, e aos meios de ajudar essas pessoas que perderam tudo, inclusive muitos parentes:

EM TERESÓPOLIS:
Ginásio Esportivo Pedro Jahara, na rua Tenente Luiz Meirelles, número 211, no centro da cidade. Também podem ser entregues doações na Secretaria de Desenvolvimento Social, localizada na avenida Alberto Torres, em frente ao Hospital São José, no bairro do Alto.
A prefeitura da cidade também abriu uma conta bancária no Banco do Brasil, onde a população pode fazer doações em dinheiro, de qualquer valor. Com o nome "SOS Teresópolis - Donativos", ela está disponível na agência 0741-2 do Banco do Brasil, com o número 110000-9

EM PETRÓPOLIS:
Centro de Cidadania de Itaipava, na estrada União da Indústria; na Igreja Wesleyana, no Vale do Cuiabá; na Igreja de Santa Luzia, na Estrada das Arcas; e na sede da Secretaria de Trabalho, Ação Social e Cidadania, na rua Aureliano Coutinho, 81, no centro da cidade.

NO RIO DE JANEIRO:
Viva Rio O Programa de Voluntariado do Viva Rio também iniciou uma campanha de arrecadação de donativos (roupas e mantimentos) para a região serrana. As doações podem ser feitas na sede da ONG, na rua do Russel, 76, no bairro Glória, no Rio de Janeiro. Para maiores informações, o Viva Rio disponibiliza os telefones (21) 2555-3750 e (21) 2555-3785.

Cruz Vermelha
A Cruz Vermelha no Brasil informou que recebe doações de alimentos, materiais de higiente pessoal e produtos de limpeza nas unidades do Rio de Janeiro (Praça Cruz Vermelha, 1012, centro) e de Nova Iguaçu (na rua Coronel Bernardino de Melo, 2085, e na rua Alberto Cocoza, 86, no centro)

Polícia Militar
A partir desta quinta-feira, todos os batalhões da Polícia Militar do Estado irão receber doações para as vítimas das chuvas. O material arrecadado será encaminhado ao 12º Batalhão de Polícia Militar de Niterói, de onde será enviado para as áreas afetadas. A PM recomenda que sejam doados água mineral, alimentos e material de higiene.

Ministério Público
O Ministério Público do Rio de Janeiro recebe doações na portaria do edifício-sede do MPRJ, na avenida Marechal Câmara, 370, no centro do Rio. A coleta é feita no período das 10h às 17h, de segunda a sexta-feira. Os donativos serão encaminhadas à Defesa Civil do Estado para serem distribuídas às vítimas das enchentes.

Metrô
O Metrô Rio informou que recolhe, a partir de sexta-feira, donativos para as vítimas das chuvas, em parceria com a ONG Viva Rio. A coleta será feita em 11 estações das Linhas 1 e 2: Carioca, Central, Largo do Machado, Catete, Glória, Ipanema/General Osório, Pavuna, Saens Peña, Botafogo, Nova América/Del Castilho e Siqueira Campos. Poderão ser doados até o dia 11 de fevereiro água, alimentos não perecíveis e material de higiene pessoal.

Rodovias
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) também vai receber donativos a partir desta quinta-feira em postos montados nas principais rodovias da região. Dois postos irão funcionar 24 horas, no km 269 da BR-101, no trecho de Casemiro de Abreu, e na BR-101, no pedágio da Rio-Magé.

Outros três postos devem funcionar das 8h às 17h, no km 109 da rodovia Washington Luís, e na Presidente Dutra, no km 133, próximo ao pedágio, e no km 227. Os donativos arrecadados serão entregues à Cruz Vermelha, que fará a distribuição.

Bancos
O Banco Bradesco abriu uma conta uma conta corrente para receber doações em solidariedade às vítimas das enchentes que afetaram a região serrana do Rio de Janeiro. O fundo tem como nome do beneficiário "Fundo Estadual da Assistência Social" e está disponível na agência 6570-6 e conta corrente 2011-7.
A Caixa Econômica Federal também abriu uma conta corrente para ajudar as vítimas das chuvas no estado do Rio de Janeiro. As doações aos moradores das regiões em estado de emergência podem ser feitas na conta da Defesa Civil do Rio de Janeiro, número 2011-0, agência 0199, operação 006.

Supermercados
O grupo Pão de Açúcar montou postos de coletas de donativos nas 100 lojas da rede no Rio de Janeiro. As doações podem ser feitas nos supermercados Pão de Açúcar, ABC Compre Bem, Sendas, Extra Supermercados e Assaí. De acordo com a assessoria do grupo, o material será recolhido até o dia 26 de janeiro.

Shoppings
O grupo Aliansce do Rio de Janeiro disponibilizou caixas de coleta de doações do Programa Aliansce Solidária, distribuídas nos shoppings Leblon, Via Parque, Grande Rio, Caxias, Bangu, Carioca, Passeio e Santa Cruz. O Center Shopping Rio, em Jacarepaguá, também recebe doações para os desabrigados das chuvas da região serrana. Serão recolhidos agasalhos, colchonetes, alimentos não perecíveis, água mineral e material de higiene pessoal.

Flamengo
O Flamengo recebe donativos na sede do Clube, na Gávea, no Rio.

Doação de sangue
O Instituto Estadual de Hematologia do Rio de Janeiro (HemoRio) solicita que a população doe sangue para atender as vítimas das chuvas. A doação pode ser feita na sede do instituto, na rua Frei Caneca, 8, na região central da cidade do Rio de Janeiro.

Volta Redonda
As cidades de Três Rios, Sapucaia e Areal, que também sofreram com as chuvas desta semana que atingiram a Região Serrana do estado, receberão donativos conseguidos pela Cruz Vermelha de Volta Redonda.

Sesc/Senac e Fecomércio
As unidades do Sesc Rio e Senac Rio e a sede do Sistema Fecomércio estão coletando água mineral, alimento não-perecível, roupas de cama e banho, material de limpeza e de higiene pessoal e colchões para as vítimas.
As unidades do Sesc receberão as doações de terça a domingo, das 9h às 17h.
Fecomércio-RJ - Rua Marquês de Abrantes, 99, Flamengo, de segunda a sexta, das 9h às 18hrs

Sesc Copacabana – Rua Domingos Ferreira, 160
SescTijuca – Rua Barão de Mesquita, 539
Sesc Ramos – Rua Teixeira Franco, 38
Sesc Madureira – Rua Ewbanck da Câmara , 90
Sesc São Gonçalo – Avenida Presidente Kennedy, 755
Sesc Niterói – Rua Padre Anchieta, 56 – Centro
Sesc São João de Meriti – Avenida Automóvel Clube, 66 –
Sesc Nova Iguaçu – Rua Dom Adriano Hipólito, 10 – Moquetá
Sesc Teresópolis – Av. Delfim Moreira, 749 – Centro
Sesc Quitandinha (Petrópolis) – Avenida Joaquim Rolla, 2 – Quitandinha

As unidades do Senac Rio receberão as doações de segunda a sexta, das 9h às 19h e, aos sábados, das 9h às 12h.

Niterói – Rua Almirante Teffé, 680 – Centro
Copacabana – Rua Pompeu Loureiro, 45
Marapendi – Avenida das Américas, 3959 – Barra da Tijuca

Faculdade Senac Rio – Rua Santa Luzia, 735 – Centro
Botafogo – Rua Bambina, 107

CNBB - ajuda para TODA A REGIÃO SUDESTE AFETADA
A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançou uma campanha de arrecadação de donativos para as vítimas de toda a região sudeste. Batizada SOS Sudeste, ela irá recolher dinheiro por meio de duas contas correntes: Conta 1490-8, Agência 1041 - OP. 003, Caixa Econômica Federal e Conta 32.000-5, Agência 3475-4, Banco do Brasil.

Para quem for de PORTO ALEGRE:
A Defesa Civil do Estado montou um posto permanente de recebimento de doações no Armazém 7 do Cais do Porto, em Porto Alegre. Além das doações no Cais do Porto, quem quiser ajudar pode ligar para o 199 ou para (51) 3210-4219.

Para ajudar os Desabrigados em São Paulo
Os donativos podem ser entregues no posto da Cruz Vermelha localizado na Avenida Moreira Guimarães, 699, em Indianópolis (próximo ao aeroporto de Congonhas), de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Entre os alimentos, a Cruz Vermelha espera receber aqueles de fácil preparo, como feijão, arroz e macarrão. Biscoitos e água também são sempre bem-vindos. Eles também pedem leite em caixinha porque o leite em pó exige o preparo com água, e esta pode estar contaminada.Quem quiser doar itens de higiene pessoal pode levar sabão, sabonete, fraldas e papel higiênico. A Defesa Civil de municípios como Mauá, no ABC, e São José dos Campos farão a retirada dos donativos.

Em Atibaia, a 64 km da capital paulista, o Fundo Social de Solidariedade recebe doações para as vítimas da enchente. A prefeitura decretou nesta terça-feira (11) situação de emergência no município. O decreto deve vigorar por um prazo de 90 dias, podendo ser prorrogado por até 180 dias. Em apenas cinco horas, entre segunda e terça-feira, choveu na cidade mais da metade da chuva esperada para o mês de janeiro. As famílias precisam de água, leite, bolacha, achocolatado, café, material de limpeza (água sanitária e sabão em pó), material de higiene pessoal (xampu, sabonete, creme dental, escova de dente e papel higiênico), pano de chão, rodo e vassoura. As doações deverão ser entregues na Rua Adolfo André, 1.055, no Centro de Atibaia.

7 comentários:

  1. Minha amiga, estava vendo TV agora, e parece que a coisa so piora...nao sei mais como vai ser...uma trajedia!!! O que podemos fazer eh mesmo ajudar...na minha empresa conseguimos uma enorme doacao de leite em po, mandamos para Cruz Vermelha, tomara que esse leite consiga chegar ao destino, pois a noticia que temos eh que os donativos tem sido desviados, um horror isso, mas a gente tenta, cada um fazendo a sua parte

    Um abraco pra voce,
    Bom dia!

    ResponderExcluir
  2. é isso ai amiga...um pouco que a gente faz aqui...é muito..para quem precisa nesse momento..não é mesmo?bjos..li..bom domingo..

    ResponderExcluir
  3. Angela,
    Estive trabalhando na Cruz Vermelha daqui de Curitiba ontem e hoje. O que mais se necessita lá é material de higiene e limpeza, além de água e alimentos prontos ou semiprontos. Em contrapartida, há um excesso de doação de roupas.
    Acredito que essa seja uma tônica das doações.
    Pude presenciar a solidariedade do povo brasileiro, tanto na ajuda material como doando seu tempo, de crianças a idosos.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Que Deus abençoe a cada um e de força e fé para vencer... vamos ajudar gente eu fiz minha parte...

    ResponderExcluir
  5. Querida Angela
    Quanta tristeza!
    Um abraço
    Léia

    ResponderExcluir
  6. é isso aí querida. lugar não falta para levarmos nossos donativos, nossa ajuda. Aqui nas vizinhanças, levamos para Polícia Militar. Cada um ajudando um bocadinho, a recuperação será mais rápida. Um grande abraço. boa semana

    ResponderExcluir

ora, pitangas!!! quer ouvir voce.
caso voce não tenha blog ou e mail da g mail, ainda assim poderá comentar, quando aparecer "escolher uma identidade" abaixo da caixinha de comentários, clique na última opção - anônimo, mas não esqueça de assinar, só assim saberei quem é voce.
obrigada!