para compartilhar sabores e lembranças olfativas daqui e de outras terras...como o nhoque da nona, o arroz com bacalhau de vovô, as almondegas de minha mãe, o risoto de linguiça do meu pai, o thanksgiving dinner da mammy, o german chocolate cake da cindy, o doce de leite de tia mercedes, o doce de cidra da aninha, o doce de mamão da célia, o doce de pera da margarida, as pimentas da celha, os bolos da semiramis, os patês da rosana e por ai vai....


quinta-feira, 29 de setembro de 2011

crystal pork chops



se você gosta de adocicado, quase caramelado, certamente você vai gostar deste prato, muito simples e rápido.
comi pela primeira vez uma costelinha feita desta forma, quem fez foi a Fenka, que é natural de Taiwan e hoje mora aqui na minha cidade acompanhado o marido que trabalha numa multinacional alemã.
claro que não resisti e pedi a receita.



a Fenka, que é cantora profissional, mas manda muito bem na cozinha, disse que faz esta receita "by heart", mas que leva açúcar cristal, molho de soja e vinagre de arroz e as quantidades depende do tanto de carne.
ela me disse que se trata de algo muito simples da culinária lá da terra dela e que deve ser feito num frigideira de fundo largo.



crystal porks chops

temperei as bistequinhas com bem pouco sal, alho e suco de laranja, deixei marinando na geladeira por 2 horas.
forrei o fundo de uma frigideira com 3/4 de xícara de açúcar cristal e arrumei as bistequinhas em cima, sobre elas agreguei 1/2 xícara de molho de soja e 1/4 de xícara de vinagre de arroz e liguei o fogo médio, quando começou escurecer virei as bistequinhas e o molho foi se formando, mas próximo do final do cozimento juntei mais 1/4 de xícara de molho de soja, antes de servir salpiquei cebolinhas picadinhas.



as fatias de laranja e as ervilhas complementaram o prato.
servi com arroz branco.

<<span class=
<<span class=

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

bolo recheado de coco com cobertura de amoras

ainda temos amoras silvestres...
graúdas e doces, perfeitas para confeitaria.
da minha cozinha, tem saido muffins, bolinhos de buttermilk, tudo com muita amora dentro.
este aqui é uma outra versão do bolo de limão, mas desta vez com amoras salpicadas na massa aqui e acolá.
para a cobertura,
suco de limão e leite condensando tingidos pelas amoras passadas pela peneira.



bolo de limão e amoras

esta receita daqui a mesma do bolinho de limão.

comece pelo *buttermilk, usando limão, mas não sem antes de espremer o limão, tirar as zestes para usar na massa do bolo.
faça assim, esprema suco de meio limão (grande) e complete com leite até completar 200 ml. deixe descansando por 10 minutos. reserve o restante do suco de limão para usar no bolo.

para a massa, bater com fouet 3 ovos inteiros com 1 e meia xícara de açúcar cristal fina.
bater bem até esbranquiçar. agregar meia xícara de óleo de canola e bater mais um pouco.
ir juntando 2 xícaras de farinha trigo peneiradas alternadamente com 200 ml de buttermilk* e o suco de limão reservado. por ultimo juntar as zestes, 1 colher café de bicarbonato de sódio e 1 colher de sopa de fermento químico em pó. misturar delicadamente. depois de colocar na forma, afundar amoras na massa e assar em forno pré aquecido até corar.

recheio: uma cocadinha feita com 200 ml de leite, 1/2 xícara de açúcar, 2 colheres sobremesa de amido de milho e coco ralado a gosto

cobertura: leite condensado, em cima esmagar algumas amoras na peneira fina até tingir o leite condensado e dar o ponto com suco de limão ( usei um limão inteiro). enfeitar com amoras inteiras.

Print Friendly and PDF
Posted by Picasa

terça-feira, 27 de setembro de 2011

paella

tem coisa melhor do reunir os amigos para celebrar a amizade?
minha amiga Catarina costumar mandar torpedos - vamos celebrar a amizade?
adoro isto.
adoro estar entre amigos, bom papo, boa musica, belisquetes, bom vinho e muitas risadas.

nem preciso dizer, o quanto de carinho a Catarina coloca neste convite.



a paelleira de tripé, foi um presente do dia da mães, que a Catarina recebeu dos seus mais queridos.


desde então, ela tem nos brindado com paellas excelentes, uma mais caprichada que a outra!



na paella tem sempre o melhor, o mais gostoso, o mais fresquinho e especialmente o carinho dela para com os seus amigos.


amizade é tudo!
grata amiga, sempre grata.

domingo, 25 de setembro de 2011

sequilhos, para viagem

a visita da Léia só nos trouxe alegrias.
as postagens de hoje no Cucchiaio pieno e no Velhas Atualidades,
nos trouxeram recordações de momentos inesquecíveis.
tivemos muito prazer em receber a Léia e tudo aquilo que ela menciona lá no post dela, como o melhor do mundo, não passa de comida caseira feita com carinho.



bem, a Léia gostou tanto dos sequilhos, que a Juh, preparou saquinhos para viagem, do sequilho melhor do mundo, segundo a ela.

"mi piace quando noi siamo felici ...
Léia ritorna subito"

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

mexericas, orquídeas e agradecimentos

antes de mais nada, quero agradecer muito e de coração, todos os comentários, recados no Facebook, telefonemas, mensagens e mails sobre minha ultima postagem.
grata!



bem a primavera chegou, o dia da árvore já passou e nem temos mais mexericas...
mas, resolvi postar esta árvore mesmo assim.

ela foi plantada em 1986 e lá se vão 25 anos, no outono e inverno ela carrega de frutos, na primavera costuma fazer uma florada linda e perfumada
.



e nos últimos 20 anos, a cada final de setembro, flores, muitas flores.
as primeiras mudas
vieram de um maço de dendrobiuns, que ganhei quando meu filho nasceu. assim que as flores caíram, amarei as hastes nos galhos e no tronco desta árvore e ai estão desde então.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

26 anos

já falei do temporal, da correria, dos apuros do dia do meu casamento.
e é claro do, arco íris.
agora, chega de contar história.



é melhor começar contar o tempo, já passaram 26 anos.
rápido demais.
parece que foi ontem, que depois da tempestade,
o céu limpou e apareceu o arco íris,
ou será que sou eu...
que vivo buscando o arco íris depois das tormentas da vida,
que nem vi, o tempo passar.


termino a postagem de hoje com a Luiza Possi

Além do arco-íris

Além do arco-íris
pode ser que alguém
veja em meus olhos
o que eu não posso ver
além do arco-íris
só eu sei
que o amor
poderá me dar
tudo que eu sonhei um dia
a estrela vai brilhar
e o sonho vai virar realidade
e leve o tempo que levar
eu sei que eu encontrarei a felicidade
além do arco-íris
um lugar que eu guardo em segredo
que só eu sei chegar
um dia a estrela vai brilhar
e o sonho vai virar realidade
e leve o tempo que levar
eu sei que eu encontrarei a felicidade
a luz do arco-íris
me fez ver que
o amor dos meus sonhos
tinha que ser você....

Bookmark and Share

Print Friendly and PDF

domingo, 18 de setembro de 2011

curau

mais uma vez curau, só que em outra versão,
enformado
e com canela,
mas sem leite, curau caipira, só de água

curau de milho verde

8 espigas cortadas e raspadas, bater no liquidificador com 3 copos de água e peneirar, levar ao fogo médio, mexendo sempre, até engrossar, acrescentar 1 e 1/2 xícara de açúcar e deixar no fogo baixo e mexer sempre para na grudar. caso fique muito grosso durante o cozimento acrescente mais água, mas deve ser água quente, o cozimento é lento de aproximadamente 40 minutos em fogo baixo.
quando estiver brilhante estará cozido, então acrescente uma colher de sopa de manteiga sem sal, mexa vigorosamente e retire do fogo.
deixe esfriar e polvilhe com canela (opcional)

dicas:

  • não corte os grãos muito fundo, raspe com uma colher o que ficou na espiga
  • peneire em peneira de malha média
  • eu prefiro usar açúcar cristal e não gosto muito doce, prove para ver se necessita mais açúcar para o seu paladar
  • mexa sempre, se descuidar pode grudar e muito cuidado porque pula

Bookmark and Share
Print Friendly and PDF

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

merluza ao molho

eram 4 files de merluza e uma sentença...
virar algo saboroso e rápido para o almoço.
como tinha molho caseiro, optei por fazer ao forno e servir com um arroz branquinho.


merluza ao forno

depois descongelado e bem seco, temperei os files com sal, paprica doce e pimenta do reino. empanei em farinha de rosca, fiz um rolinhos com palitos de queijo prato no meio, arrumei no pirex e misturei meio vidro de leite de coco ao molho caseiro, levei ao forno por 25 minutos, cobertos com papel alumínio, antes de servir salpiquei salsinha.

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

pão de linhaça e semente de girasol - # 51


fazendo um rápido balanço sobre os 50 pães já postados no blog,
  • apenas poucas postagens são variações de receitas que sempre aparecem aqui em casa, como o pão de fubá, o pão de cebola e pão caseiro simples que são clássicos minha cozinha, pois estes são os pães que repito com muita frequência porque congelam muito bem ou são perfeitos para sanduiches
  • a grande maioria postada são receitas diferentes, que surgiram de aproveitamentos de bebidas, soro etc, de sobras de pures, de frutas, etc..
  • tem também os pães que ainda estão em testes para chegar ao pão ideal, como é o caso do pão australiano
  • qualquer grãos recém comprado, farinha diferente é sempre um bom motivo para criar um novo pão
  • claro que não posso deixar de mencionar as inspirações do blogs amigos que lotam a lista de pães por fazer, por pressa ou falta de tempo mesmo, a lista só cresce e eu não dou conta de testar tanto quanto gostaria
  • na fila de postagem tem ainda muito pão para ser postado,
  • algumas receitas ficaram tão boas e não foram fotografadas ou por esquecimento ou por pressa de servir ou por pressa de presentear o pão quentinho e certamente serão repetidas para o devido registro

pão de linhaça e semente girasol

  1. coloque 2 colheres de linhaça num recipiente e complete 200 ml de agua morna e reserve

misturar num tigela:
  1. 50 g de aveia
  2. 50 g de farinha integral
  3. 50 g de gérmen de trigo tostado
  4. 200 g de farinha de trigo branca
  5. 2 colheres de sopa de açúcar
  6. 1 colher de sopa de sal
  7. 2 colheres de sobremesa de fermento seco biológico granulado
misturar muito bem

sobre esta mistura agregar 3 colheres de azeite misturadas com 200 ml de agua e a linhaça, misturar, amassar, deixar crescer em bowl untado, depois do primeiro crescimento, enfarinhar a bancada e amassar, nesta hora juntar as sementes de girasso (3 colherews de sopa)l, usando o mínimo de farinha possível, dar forma cilíndrica ao pão e deixar crescer novamente já forma de pão.
assar em forno médio até corar. antes tirar da forma pincelar manteiga. deixar esfriando sobre a grade antes de fatiar.

<<span class=
<span class=Print Friendly and PDF

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

bolo de limão com cobertura

cítricos...
tenho uma paixão enorme por bolos cítricos, neste momento em plena safra de limões graúdos, suculentos e perfumados, os bolinhos tem aparecido com aqui com muita frequência.
outra coisa que tenha usado muito, tem sido as formas de papel manteiga para bolo inglês, muito práticas, apenas encaixar na forma de alumínio e usar, sem necessidade de untar. perfeitas.
cada receita rende três bolinhos, que normalmente ganham destinos diferentes, direto para a mesa, congelamento, a filha leva para lanchar com a amigas, reservo para o café com a amigas ou sempre tem alguém doido para dar um destino aos bolinhos.



bolo de limão

comece pelo *butermilk, usando limão, mas não sem antes de espremer o limão, tirar as zestes para espalhar na cobertura e usar parte na massa do bolo.
faça assim, esprema suco de meio limão (grande) e complete com leite até completar 200 ml. deixe descansando por 10 minutos. reserve o restante do suco de limão para usar no bolo.

para a massa, bater com fouet 3 ovos inteiros com 1 e meia xícara de açúcar cristal fina.
bater bem até esbranquiçar. agregar meia xícara de óleo de canola e bater mais um pouco.
ir juntando 2 xícaras de farinha trigo peneiradas alternadamente com 200 ml de butermilk* e o suco de limão reservado. por ultimo juntar parte das zestes, 1 colher café de bicarbonato de sódio e 1 colher de sopa de fermento químico em pó. misturar delicadamente.
colocar nas formas e assar em forno pré aquecido até corar.
depois de frio empregar a cobertura.

para a cobertura, bater o leite condensando com fouet e agregar com suco de limão até dar o ponto. salpicar as zestes.

obs. se você for usar forma de papel manteiga ou usar esta receita para bolinhos tipo muffins fique muito atenta, não deixe assar demais. isto poderá comprometer o resultado final.

<<span class=

<<span class=

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

mamão

como já comentei anteriormente em outras postagens, temos aqui em casa, um local onde despejamos todas as cascas e sementes de legumes, cascas de frutas e algumas pequenas podas, o que chamamos de resíduo orgânico.


de vez em quando, somos surpreendidos por alguma novidade que por lá nasce espontâneamente, desta vez, mamões!

<span class=

<span class=Print Friendly and PDF">

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

bolo de peras e ameixas pretas

quando penso num bolo leve de frutas, sempre recorro a esta receita perfeita que descobri lá no blog da Gina.
para quem não conhece ou nunca visitou o Naco zinha, sugiro uma visita, mas uma visista com calma, com a calma que o blog da Gina merece.
para ser curtido, apreciado, degustado, lido com atenção e sobretudo admirado.
eu sou super suspeita em falar da Gina, pois além de ter uma enorme simpatia por ela, sou admiradora incondicional do trabalho dela, dos detalhes perfeitos, das postagens completas, da sempre presente gentileza e delicadeza nos comentários, da leveza que ela imprime nos textos e sem falar das lindas flores que nos brinda no final de cada postagem.
tem sido sempre, muito agradável dividir esta jornada com você. grata Gina!

mas, voltando ao bolo, em alguns casos percebi que era necessário agregar um pouco mais de farinha a massa já que algumas frutas tem alto teor de água, como neste caso de pêras willians e assim fui adaptando a receita.
já postei receita original da torta invisível da Gina, em agosto de 2009.



bolo de pêras e ameixas pretas

ligeiramente adaptado daqui: Eryn Folle Cuisine
e do Naco zinha

Ingredientes:

3 pêras pequenas (usei 3 grandes)
14 ameixas pretas
100 ml de leite (usei 120 ml)
2 ovos
70g de farinha de trigo (usei 140 gramas)
50g de açúcar
20g de manteiga derretida
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 colher (sopa) de extrato de baunilha
1 pitada de sal
açúcar de confeiteiro para polvilhar

Preparo:

Peneire a farinha, fermento e o sal. Bata os ovos com o açúcar até espumar. Adicione a manteiga derretida fria, o leite e a baunilha. Una bem e acrescente a mistura de farinha aos poucos.Divida a massa em 2 partes. Ela fica bem líquida. Fatie finamente as pêras descascadas. Junte a uma das partes da massa e envolva bem para não oxidar.Faça o mesmo com as ameixas, colocando na outra massa. Unte e enfarinhe um pirex de 20 cm X 20 cm*. Despeje primeiro a mistura de maçãs e alise bem com as costas de uma colher. Depois as pêras, alise novamente, deixando bem compacta. Forno pré-aquecido a 200°, asse por 35 minutos. Deixe esfriar e polvilhe açúcar de confeiteiro.

o texto e a receita acima, foram extraídos do blog da Gina




desta vez eu fiz assim
  1. usei apenas as pêras que ficaram demolhadas na água com suco de limão para não oxidar
  2. as ameixas eram sobras de uma calda, foram escorridas e picadas
  3. antes de usar as pêras, salpiquei canela
  4. dividi a massa para fazer 2 bolinhos um pra o dia e outro para o congelamento
  5. usei 2 formas de papel manteiga encaixadas em formas de bolo ingles
  6. coloquei sobre os bolos finas fatias de pêras intercaladas com pedaços de ameixas
<<span class=
<<span class=

blogagem coletiva - plágio não!

infelizmente,
esta situação é muito desagradável e recorrente,




então...
não custa nada ser gentil,
tomar uma atitude elegante e correta,
mencionado sempre os devidos créditos
!

* BC - plagio não! Blogs de gastrononia
* logo - machogourmet.blogspot.com
* logo desta postagem - aromasesabores.com

<span class=
<span class=

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

iscas de frango

comecei a semana falando de um blog que gosto muito. o blog da Sally.
quem não conhecia foi lá conferir e adorou!
isto me deu uma enorme satisfação, afinal meus seguidores e leitores aprovaram a minha indicação.


para encerrar a semana, vou postar mais uma receita de um blog que adoro, o Eternos Prazeres.
apesar de não conhecer a Renata pessoalmente, tenho uma enorme admiração por ela, esta admiração, até me permitiu uma ousadia.
escrever uma frase numa promoção de parceira do Eternos Prazeres.

a minha frase foi a escolhida e espelha extamente o que penso da Renatinha.

“Renata, o teu espírito vivo, vigoroso e sagaz, teu gosto pela aventura, pelas viagens ao desconhecido e distante, nos conduzem ao brilhante reino dos Eternos Prazeres das descobertas, da arte, da musica, da literatura, da cultura e especialmente da delícias da mesa.”

o frango picante, que aqui em casa chamamos de iscas de frango, não é uma postagem recente, mas é certamente mais uma receita certeira, deliciosa, simples e perfeita que ela compartatilha conosco. não deixe de fazer o molho, fica muito saboroso. já repeti diversas vezes, recomendo muito!

bem, as postagens desta semana foram focadas em outros blogs.
elas compartilharam mais que receitas, compartilharam na verdade, sabores, experiências, encontros e emoções.


Frango Empanado com Parmesão e Ervas ao Molho de Iogurte Picante

fonte : daqui
Para o Frango:
2 peitos de frango cortados em tiras médias
1 xícara de pão de forma tostado e triturado (sem a casca)
1 e 1/2 xícara de queijo grana padano ralado
2 e 1/2 colheres (sopa) de ervas de provence
2 dentes de alho ralados
150g de manteiga derretida

Para o molho de iogurte picante
1/2 xícara de iogurte natural
1 colher (sopa) de mostarda dijon
1 e 1/2 colher (chá) de mel
1/2 pimenta dedo de moça cortada em pequenos pedacinhos*
2 colheres (sopa) de azeite de oliva extra-virgem

Modo de preparo:
Pré aqueça o forno a 220ºC. Tempere as tirinhas de frango com sal e pimenta-do-reino. Reserve. Misture os demais ingredientes com exceção da manteiga derretida. Passe as tirinhas de frango pela manteiga derretida e depois cubra com a mistura de pão ralado, queijo e ervas. Acomode-as em uma assadeira anti aderente, ou então coberta com papel alumínio. Leve ao forno pré aquecido por 8 minutos. Após esse período, vire as tirinhas e deixe assar por mais 8 minutos. Enquanto o frango está no forno, prepare o molho. Acrescente todos os ingredientes do molho em uma tigelinha, com exceção do azeite de oliva. Com a ajuda de um fouet, acrescente o azeite em fio a misture e vá batendo sempre para emulsionar. Quando adquirir uma consistência cremosa ele estará pronto. Retire o frango do forno e sirva acompanhado com o molhinho.

* acrescentei cheiro verde picadinho

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

setembro

agradeço, muito e de coração, todo o carinho que venho recebendo através dos comentários, mensagens aqui e no FB, telefonemas, SMS's, enfim demostração de um carinho enorme, desde o cozinha fácil no Superbem até esta última postagem sobre a Léia.

grata, muito grata!



amigos,
gostaria de desejar-lhes tantas coisas,

mas desejo apenas,
paz e harmonia.
que setembro seja,
além de iluminado,
repleto de
aromas, cores, sabores,
prazeres, flores e amores...