para compartilhar sabores e lembranças olfativas daqui e de outras terras...como o nhoque da nona, o arroz com bacalhau de vovô, as almondegas de minha mãe, o risoto de linguiça do meu pai, o thanksgiving dinner da mammy, o german chocolate cake da cindy, o doce de leite de tia mercedes, o doce de cidra da aninha, o doce de mamão da célia, o doce de pera da margarida, as pimentas da celha, os bolos da semiramis, os patês da rosana e por ai vai....


quarta-feira, 30 de setembro de 2009

cheese cake de ricota e amoras

amo a temporada de amoras!!

colhi algumas amoras, mas tenho corrido tanto estes dias que ainda não deu tempo de colher o tanto que eu gostaria...
quero deixar congelada as bases para os coffee cakes, geleias para a panquecas e os tops para as chesses cakes, mas já deu para aprontar algumas delícias com as amoras colhidas


cheese cake de ricota e amora

1. base

250 g de farinha de trigo peneirada
100 g de manteiga
3 colheres de açúcar
1 ovo
1 pitada de sal
1 ou 2 colheres de sopa de água gelada
misture todos os secos, coloque o ovo e manteiga em pedaços se necessário junte 1 ou 2 colheres de água gelada, faça um bola e deixe descansar em geladeira por 20 minutos, embrulhada em papel filme.abra a massa, forre o fundo e a lateral de uma forma de fundo removível

2. para o recheio bater no liquidificador 2 xícaras de ricota caseira, 3 gemas, 1 lata de leite condensado, gotas de baunilha, 200 ml de leite de coco, 3 colheres de sopa de amido de milho, depois de bem batido, juntar as 3 claras em neve. colocar sobre a massa base crua e levar para assar por 45 minutos em forno baixo.

3. depois da torta fria, espalhar a cobertura

4. para a cobertura misturar 1 xícara de amora fresca lavada e escorrida com 1 xícara de açúcar e deixar descansando enquanto prepara a massa base ou por aproximadamente 30 minutos, depois disto levar ao fogo por alguns minutos, vai se formar uma calda, agregar 150 ml de agua e dissolver 1 colher de amido de milho, mexer cuidadosamente até que forme um creme brilhante e as amora fiquem inteiras, reservar e aplicar ainda morno sobre a cheese cake

5. servir gelada

dica: você poderá usar a mesma base e creme e usar goiabada o outra geleia para a cobertura

terça-feira, 29 de setembro de 2009

patê de ricota e alho

este post complementa o anterior
faço a ricota e costumo escorrer num destes filtros de café reutilizáveis que compro em lojas de 1,99, que uso exclusivamente para este fim, guardo num pote e sempre tenho a mão para temperar uma massa, para um patê ligeiro, para o recheio de um sanduiche, de uma torta...

patê de ricota e alho

no liquidificador ou processador bater 1 xícara de ricota caseira com 6 colheres de azeite (ou mais caso deseje), 2 colheres de manteiga, alho a gosto, (usei 2 dentes grandes sem o miolo), sal, pimenta do reino moída na hora.

dica: se você desejar, pode usar um queijo forte de sua preferência (roquefort, parmensão), ervas, azeitonas, tomate seco e fazer diversos pates usando esta base.

ps.: este patê com o pão do post abaixo, recém saído do forno, estava demais!!!

domingo, 27 de setembro de 2009

pão com soro de ricota caseira


você já fez ricota em casa??
eu tenho feito sempre a partir da receita da
Patricia, uso a ricota para bases de pates, quiches, tortas doces enfim para todo tipo de preparação, e sempre descartava o soro, mas lendo uma postagem da Ana Elisa, achei que poderia aproveitar para fazer pães.
na verdade o que eu fiz foi usar uma receita simples e substituir todo liquido pelo soro. adorei o resultado!


pão

4 xícaras de farinha de trigo (aproximadamente)
2 colheres de sopa de fermento seco biológico
1/3 de xícara de açúcar
1 colher de sopa de sal
1/3 de xícara de óleo
1 ovo grande
200 ml de soro

misture os secos, faça uma cova e agregue o ovo, óleo e o soro, amasse e sove ate que fique uma massa macia, deixar crescer ate dobra de volume, modelar os pães, deixar crescer novamente. assar em forno médio por aproximadamente 30 minutos

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

braciola

nunca gostei muito desta carne como era feita na casa da minha mãe, ela sempre gostou de usar bacon ou calabresa no recheio e muito tempo depois descobri que era isto que me incomodava, para o meu paladar apenas cenoura e cebola cumprem perfeitamente a funçãobraciola

bifes de coxão duro temperados com sal e pimenta, tiras de cenoura,pétalas de cebola.
rechear os bifes, enrolar, eu uso uns "pins" de aço para este fim, mas pode se usado palitos ou abraçadeira de inox.
colocar os bifes na panela de pressão regar com um fio de azeite, colocar 3 tomates inteiros, 1 cebola picada em 4 partes , 4 dentes de alho, louro, manjericão, e outros temperos de sua preferência, fechar a panela de pressão e deixar em fogo baixo por 20 minutos, abrir, verificar se a carne esta macia, se necessário deixar mais uns 10 minutos.

dica: esta carne não é selada e nem leva agua

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

que alivio!!!

com a primavera além do perfume da gardênia,
chegou um fôlego, um alivio

somente boas noticias, a alta hospitalar do meu irmão aconteceu hoje, com os resultados bem positivos das radiografias, das tomografias e ressonâncias, sem sequelas, indicando AVC transitório e para nossa alegria ele saiu andando e falando do hospital, claro que vai precisar de fisioterapia e acompanhamento neurológico, afinal o que ele passou não foi fácil, mas já passou...

minha mãe já está bem melhor e feliz da vida com o caçula fora do hospital e se recuperando.


quero, agradecer de coração, em meu nome e da minha família todas as manifestações de energia positiva, de carinho, de solidariedade, de fé, as orações, as preces, as palavras de alento, que recebi por ocasião da postagem anterior, cada vez tenho uma certeza maior Deus existe no coração das pessoas e eu tenho o privilegio de ter muitas delas ao meu redor.

"a caridade é o processo de somar alegria, diminuir males, multiplicar esperanças e dividir felicidade, para que a terra se realize na condição do esperado Reino de Deus" (Emmanuel)

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

quero a primavera!!

esta postagem é para justificar a minha sumida nos blogs amigos, quase não comentei, postei o que já estava no rascunho.
passei por horas duras, dias longos, meu irmão caçula teve um AVC importante, no hospital evoluiu para uma bronco pneumonia grave, ficou muitos dias na UTI, ainda está no hospital, fora de perigo, neste meio tempo minha mãe também adoeceu, teve no prazo 40 dias, duas pneumonias, internações e outras complicações, agora também está bem.

felizmente, pudemos contar com a orações e preces dos amigos e Deus nunca nos abandonou, nos deu força para passar por tudo isto.
ufa!!!, agora
quero que a primavera chegue logo trazendo flores, muito verde, sol, chuva, orvalho pela manhã, dias radiantes e noites com luar

quero por a minha vida em ordem,
quero saúde para todos,
quero calmaria
...

domingo, 20 de setembro de 2009

24 anos

a exatos 24 anos, bem na hora do nosso casamento chovia muito, mas chovia tanto que não dava nem para descer do carro, quem estava dentro da igreja do casamento anterior não tinha como sair, que ia para o nosso casamento não conseguia chegar, a praça da Matriz em reforma, sem calçamento, um caos.
no carro estávamos eu , vovô e meu irmão, aí então vovô já com quase 90 anos me dizia:
" fique tranquila tudo que se planta em dia de chuva vinga, pega, você vai ser muito feliz, seu casamento vai render frutos e lembre-se que depois da chuva, vai clarear, o sol vai brilhar e tudo vai florescer, fique tranquila... "
não pensei duas vezes, sai correndo do carro, debaixo do temporal e entrei atordoada e atrapalhada na igreja, depois de correr uns 50 metros debaixo de chuva, meu pai me esperava, o coral estava incompleto, os convidados foram chegando todos encharcados, mas o casamento foi lindo...
quem foi, tenho certeza, jamais esqueceu.
assim que saímos da igreja, o sol brilhava e tinha um arco íris no céu.

sábado, 19 de setembro de 2009

farofa de linguiça

fiz esta farofa para acompanhar um churrasco, eu não gosto de usar farinha de mandioca torrada, gosto de usar a farinha branquinha, torrar no fogo baixo, dá um pouco mais de trabalho mas o resultado final compensa
farofa


torrar a farinha em fogo baixo mexendo sempre, quando começar a torrar, colocar 2 colheres de manteiga e tirar da panela (uso sempre uma panela funda) reservar.
numa, frigideira funda leve ao fogo, 3 gomos de linguiça de pernil fatiadas para saltear, quando começar a corar junte bacon fatiado, uma cebola média processada, refogue mais um pouco, em seguida junte a farinha já torrada, se necessário use mais manteiga, vai depender da quantidade gordura que a linguiça desprender.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

batatas temperadas

batatas...acho que são perfeitas para acompanhar assados, na verdade tenho preferência por batatas rústicas e com ervas, mas no dia que fiz estas batatas, chovia tanto, mais tanto que não possível nem ir na horta buscar uns galinhos de alecrim ou de salsinha, então ficou assim meio sem cor, mas garanto que não ficou sem graça não...


batatas temperadas

  1. lavar e escovar as batatas com casca cortar ao meio e ferver sem sal por 4 minutos, escorrer
  2. colocar as batatas num pirex, temperar com azeite, sal e pimenta do reino
  3. colocar cebolas em pétalas
  4. colocar alho com casca
  5. levar ao forno ate que as batatas estejam macias
  6. se for usar ervas coloque no final do cozimento
dica: eu tenho preferência por batatas miúdas e costumo usar uma escova macia para a limpeza das batatas

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

bombocado

bem, hoje é aniversário do marido, a ele desejo tudo de bom, de melhor, muita saúde, muita paz, que sua vida possa ser muito longa a nosso lado, que Deus possa se fazer sempre presente ao lado dele guiando e iluminando todos os seus sonhos e caminhos.
quero comemorar aqui com o primeiro docinho que servi para ele quando nos conhecemos, um bombocado bem simples, de liquidificador, mas que sempre foi feito com muito carinho

bombocado

50o ml de leite

3 ovos inteiros

2 colheres de manteiga

2 xícaras de açúcar

1 pacote de 100 g de coco ralado seco

1 colher de sopa de fermento em pó

6 colheres de farinha de trigo

bater no liquidificador, o leite, ovos e manteiga e depois ir juntado os secos aos poucos, assar em forma untada com manteiga e açúcar. até dourar

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

beringela rápida

ficou uma beringela grande esquecida na gaveta da geladeira, isto raramente me acontece, dificilmente sobra uma unidade, sou exagerada....
bem, pensei em fazer um salteado para servir com macarrão, mas depois mudei de ideia fiz uma saladinha quente para servir com pão fresco, bem simples e rápidaberingela rápida

picar a beringela em cubos salgar e deixar escorrendo em uma peneira, lavar e escorrer.
juntar cebolas em pedaços grandes, alho a gosto em fatias, azeite levar a fogo alto em frigideira anti aderente e mexendo sempre com uma espátula, agregar azeitonas e uvas passas sem caroços, corrigir o sal, antes de desligar costumo regar com aceto balsâmico.
servir frio ou quente

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

cerca viva de hibiscus

esta cerca viva foi plantada no inicio no verão de 2008


e esta no inicio do verão de 2007


o hibiscus tem um crescimento rápido, é muito ornamental e é uma excelente opção para cercas vivas, e o melhor...
todas mudas produzidas por nós

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

material reciclável - caixas de leite

vovô dizia...
podas devem ser feitas em meses que não tem "r"
maio, junho, julho e agosto

as caixinhas de tetrapack prontas para receberem as podas das primaveras
(bouganvilles)
e hibiscus

complementando....

a idéia, do marido, de fazer as mudas surgiu da necessidade de trocar o cedrinho de mais de 20 anos por algo que desse uma manutenção menor, então optamos pelos hibiscos, como tínhamos alguns pés plantados, fomos fazendo as mudas com a podas e a partir delas em 2007 substituímos uma lateral de 50 m, em 2008 substituímos outra de mais 50 m, e agora estamos nos preparando para fazer o fechamento dos fundos.
estas mudas de hibiscus foram feitas pelo marido no ano passado e deverão ser plantadas no inicio do verão quando começarem as chuvas.

este tipo de trabalho nos satisfaz por que conseguimos dar um
aproveitamento ao resíduo solido que geramos e sermos auto suficientes em produzir nossas próprias mudas.
demora, mas e daí?...



quarta-feira, 2 de setembro de 2009

sem & cem


sem palavras...

além de grata,

muito grata

pelos meus

cem seguidores

pão de mandioquinha

mandioquinha, mandioca salsa, batata baroa não importa o nome.apenas uma certeza, adoramos...sabe como, sem nada, apenas cozidas e cada um tempera no seu prato com azeite, manteiga aromatizada, a gosto de cada um.
dificilmente sobra e quando isto acontece, vira logo um purezinho base para um pão de mandioquinha
pão de mandioquinha

1 xícara de pure de mandioquinha
1 xícara de leite
1 ovo
1 colher se sobremesa de sal
1/2 xícara de óleo
1/2 xícara de açúcar
2 colheres de sobremesa de fermento biológico seco granulado
farinha o quanto baste, aprox 4 e 1/2 xícaras
  1. misture parte da farinha ao fermento e aos demais secos
  2. misture bem o pure de mandioquinha com o ovo, o leite e o óleo
  3. agregue a mistura da farinha e os líquidos alternadamente
  4. junte o resto da farinha
  5. sove a massa, fica uma massa bem delicada
  6. deixe crescer até dobrar de volume, abaixe novamente
  7. modele os pães e deixe crescer novamente
  8. eu fiz duas tranças, pincelei com leite e joguei açúcar cristal por cima
  9. assar em forno médio