para compartilhar sabores e lembranças olfativas daqui e de outras terras...como o nhoque da nona, o arroz com bacalhau de vovô, as almondegas de minha mãe, o risoto de linguiça do meu pai, o thanksgiving dinner da mammy, o german chocolate cake da cindy, o doce de leite de tia mercedes, o doce de cidra da aninha, o doce de mamão da célia, o doce de pera da margarida, as pimentas da celha, os bolos da semiramis, os patês da rosana e por ai vai....


domingo, 30 de novembro de 2008

conserva de pimentão

dias destes eu, a celha e a têre, dividimos uma caixa de pimentões, a mim couberam apenas os amarelos, eles estavam lindos, uma pena que não fotografei antes, então enquanto preparava um
assado resolvi que faria a conserva de pimentões, já que o forno estaria ligado por um bom tempo teria tempo de sobra para isto, e resultou nisto


conserva de pimentão

lave os pimentões, tire as semente e corte em quatro no sentido do comprimento. coloque em uma assadeira , sem untar com a pele para baixo e leve ao forno até que a pele começe a estourar.
em seguida quando estiver morno, retire a pele, sem molhar, e vá colocando nos vidros devidamente esterilizados, alternei lascas de alho, folhas de louro, e sal a gosto, completei com azeite.
um vidro já acabou e o azeite ficou maravilhoso para temperar saladas.

sábado, 29 de novembro de 2008

cinnamon and raisins

dando uma geral nos armários e buscando inspiração para preparar alguma coisa para o lanche, vi minha caixa de açúcar mascavo bem no finalzinho, como nunca abro um pacote novo e misturo com sobras de outro, resolvi que usaria aquele tanto e seria um pão recheado com açúcar mascavo, canela e passas brancas, assim do jeitinho que a mamy Kaczmareck fazia nos dias gelados em minnesota
cinnamon and raisins

5 xícaras de farinha de trigo
1 colher de sobremesa de sal
1/3 de xícara de açúcar
1 xícara de óleo
1 ovo
3 colheres de sopa fermento biológico seco
2 xícara de buttermilk ( 2 xícaras de leite integral, misturado a duas colheres de vinagre que você deixa descansar por 10 mim)

numa tigela, junte a farinha de trigo, o açúcar, sal, fermento, misture bem, em seguida junte o óleo e o ovo levemente batido, por ultimo o buttermilk, amasse até que fique uma massa homogenea e lisa, se necessário junte aos poucos um pouco mais de farinha, fica uma massa macia. separe em três ou quatro partes dependendo do tamanho que desejar os pães. e deixe crescer coberto com um pano de cozinha até dobrar de volume.
abra a massa com um rolo, espalhe margarina ou manteiga com um pincel ou espátula, salpique o açúcar mascavo, sobre isto, espalhe as passas previamente passada sobre em 1/2 xícara de açúcar branco e canela em pó a gosto. ( eu usei 1 colher de sobremesa) enrole como rocambole ou no formato que preferir, este assei em forma de bolo inglês.

depois de frio, espalhe 1/2 xícara de açúcar de confeiteiro com 2 colheres de leite formando um glace.


visto bem de pertinho e por dentro




sexta-feira, 28 de novembro de 2008

pizza quadrada

desde que meus filhos eram pequenos, e já faz um bom tempo..., sempre fiz pizza em assadeira retangular, por achar que era mais fácil para eles cortarem sozinhos, e meus sobrinhos direitos e tortos, afilhados, os amiguinhos , os filhos dos amigos foram se acostumando com isto, até que veio a marina, filha de uma amiga muito querida e netinha de amigos igualmente queridos e deu o nome de quadradeira da angela e ficou assim, nesta ultima vez que ela veio tomar lanche por aqui, lógico que pediu a quadradeira porém não fiz a tradicional e sim com a massa de hot rolls do blog da cris , e a marina adorou!

terça-feira, 25 de novembro de 2008

manga e maçã

.... finalmente chegou a temporada de mangas eu adoro esta fruta e assim que vejo no mercado corro logo comprar, a minha intenção era fazer uma bela salada com folhas verdes, tomates cerejas da horta e mangas, só que para isto a fruta precisa estar bem firme e não muito madura, ocorre que a manga linda e enorme que selecionei estava verde demais e não foi possível usar na salada, fiquei com uma pena e jogar fora uma fruta tão linda e pensei logo numa forma de aproveitar, como adoramos comer frutas com assados achei que esta poderia ser a saída e realmente foi, ficou uma compota muito saborosa


compota de manga e maçã

corte uma manga em cubos e duas maçãs (usei fuji) também em cubos
em uma panela coloque 3/4 de xícara de açúcar
1/2 xícara de agua
2 colheres de vinagre
cravos da índia
1 colher de chá de canela em pó
cozinhe em fogo baixo até que as frutas estejam macias
servir com peru assado ou pernil.

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

rocambole de beijinho


ainda sobre o aniversario da tatiana, além dos
salgados fiz este rocambole





rocambole de beijinho

6 ovos
6 colheres de sopa de açúcar refinado
6 colheres de sopa de farinha de trigo peneirada

bater as claras em neve e juntar as gemas uma a uma, bater até ficar uma espuma, em seguida juntar o açúcar peneirado. deste ponto em diante não usar mais a batedeira, juntar muito levemente a farinha de trigo e despejar esta massa em assadeira untada (25 cm x 35 cm) e polvilhada com farinha de trigo, assar por 20 minutos em forno médio, até ficar corado.
Obs: não leva nenhum tipo de liquido ou fermento e não pode assar demais.
retirar imediatamente da assadeira da seguinte forma.
umedecer um pano de prato tipo gase, bem fino, e polvilhar com açúcar com ajuda de uma peneira, desenformar o bolo, e em seguida enrolar no sentido do comprimento.
rapidamente desenrolar e espalhar o recheio.de sua preferência.

recheio: pode ser creme de confeiteiro, geleia, neste usei beijinho, uma lata de leite condensado cozida por 15 minutos na pressão e um pacote de 100 g de coco já hidratado com 1/2 xícara de leite gelado, misturar e espalhar no rocambole, observando e deixar uns 4 cm antes das bordas sem recheio para haver a acomodação do recheio quando enrolar.
polvilhar açúcar de confeiteiro ou usar sua cobertura favorita.

sábado, 22 de novembro de 2008

acerola

teremos muito suco de acerola, elas amadurecem rapidamente e todos os dias surgem novas frutas vermelhas...












sexta-feira, 21 de novembro de 2008

apple coffee cake

apesar do dia estar claro e muito lindo, fazia um vento terrível no feriado... e ai pensei que um bom coffee cake poderia dar o destino correto as maçãs que estavam esperando para ser utilizadas, só de pensar já imaginava o cheiro de canela e maçã invadindo a minha cozinha e não tive duvidas era isto que eu iria fazer
apple coffee cake

peneire 2 xícaras de farinha de trigo, 1 e 1/2 xícara de açúcar, 1 colher de chá de bicarbonato de sódio e 1 colher de sobremesa de fermento em pó, sobre esta misture coloque raspa de laranja a gosto e 1 colher de sobremesa de canela em pó.
em seguida misture 1 ovo e 1/3 de xícara de óleo, e vá misturando aos pouco com uma xícara de buttermilk ( 1 xícara de leite com 2 colheres de vinagre que você deixou descansar por 10 minutos).
unte uma forma de anel, e coloque metade da massa, o rechio das maças, e cubra com o resto da massa, assar em forno médio por 25 min.

recheio de maças descasque 3 maças e rale no ralo grosso, faça uma mistura de 1/2 xícara de açúcar com canela e jogue sobre as maçãs quando coloca-las sobre a massa

cobertura em uma tigela pequena coloque 3/4 de xícara de açúcar de confeiteiro, raspas de laranja a gosto e suco de laranja aproximadamente 2 colheres, até atingir a consistência desejada para você espalhar sobre o bolo morno

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

porpetonne

mais uma massa, não na verdade ela apenas acompanha o porpetonne a minha moda, como já comentei frituras não são meu forte, faço este falso porém saboroso porpetonne recheado


porpetonne recheado com queijos

500 g de patinho moído, temperado com duas colheres de azeite e sal, mais os temperos processados no processador bem miudinho (cebola, manjericão, manjerona, salsinha. cebolinha, alho, oregano fresco), juntar 3 colheres de farinha de trigo. ir formando as bolas e rechear com queijos de sua preferência, nestes usei apenas mussarela, mas normalmente uso o que tenho disponível.
num frigideira anti aderente selar rapidamente dos dois lados dos porpetonnes. enquanto isto você prepara um olho de sua preferência, este fiz com tomates frescos e ervas e quando o molho estiver quase pronto, coloca-se os porpetonnes por uns 10 minutos em fogo baixo.
sirva com a massa de sua preferência .

domingo, 16 de novembro de 2008

patê de ricota e cenoura


tem feito um calor terrível, e sempre é muito bom algo fresco e crocante para rechear os lanches, ou simplesmente para comer com palitinhos de queijo ou bolachinhas



patê de ricota e cenoura

amasse uma ricota pequena de aproximadamente 250 g, com 4 colheres de azeite extra virgem
junte 6 colheres de sopa de requeijão cremoso, tempere com sal, orégano e cheiro verde picadinho, junte uma cenoura grande ralada em ralo bem fininho, amasse tudo

sábado, 15 de novembro de 2008

fotografia



quero dedicar este post ao meu marido, sempre temos uma árvore carregada no pomar, algo lindo no jardim ou na horta e quando preparo algum prato, docinho, bolo, ou um cantinho qualquer,
corro logo chamá-lo para fazer as fotos, ele quase não tem tempo para nada, mas calmamente larga de tudo que está fazendo e me atende ... e como todo bom virginiano, confere tudo e bate fotos e mais fotos e ainda me ajuda escolher a melhor para postar no blog.

thanks nick for being soo sweet!

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

pão de cebola




costumo fazer pães, na verdade gosto de variar os sabores, as cores, as texturas, as formas.
ontem no meio do temporal do finalzinho da tarde,  então, resolvi que seria uma boa hora de fazer pães para o lanche da noite, e me lembrei destes pães de cebola que ficam muito bem com frios e patê de ricota e cenoura, além do que, seria um bom acompanhamento para salada de alface recém colhidas da horta



pão de cebola

bater no liquidificador
1 cebola grande
3/4 xícara de óleo
1 xícara de agua morna
1/3 de xícara de açúcar
1 colher de sopa de sal
1 ovo grande

num tigela juntar 3 xícaras de farinha de trigo com 3 colheres de sobremesa de fermento biológico granulado, misturar bem, em seguida juntar a mistura do liquidificador e ir juntando mais farinha aos poucos, no total quase 5 xicaras, até ficar uma massa homogenea e elástica.
deixar crescer em uma tigela coberta com filme plástico até dobrar de volume.
em seguida, abaixar a massa e fazer bolinhas ou dar outro formato ao pães, deixar crescer novamente.
caso prefira pincele com gemas, este pincelei apenas com leite e um colher manteiga derretida.
assar em forno a 180 graus.

terça-feira, 11 de novembro de 2008

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

banana cake





este banana cake me remete a recordações ...




quando fui intercambista no Estados Unidos nos anos 70, sentia uma falta enorme de comer bananas com a frequência que comia por aqui, além de cara era rara e quando a tal banana chiquita aparecia era uma festa, enquanto tínhamos caixas de peras e maçãs tínhamos meia dúzia de bananas, que tristeza!
e algumas eram congeladas e lá um belo dia quando menos eu esperava lá estava a casa toda perfumada pelo cheiro deste bolo de bananas e canela, simples assim...

banana cake

4 bananas nanicas amassadas
2 ovos
3/4 de xícara de óleo
1 colher de sopa rasa de canela
1 pitada de sal
2 xícara de açúcar
3 e 1/2 xícaras de farinha de trigo
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colher de sopa de fermento em pó

numa tigela amasse bem as bananas, polvilhe com a canela, junte os ovos e misture bem, em seguida junte os ovos inteiros e o açúcar, agregue os secos já previamente peneirados.
unte uma forma grande ou duas de bolo inglês e polvilhe com açúcar cristal e canela.
depois de pronto peneire açúcar de confeiteiro sobre o bolo.
fica ótimo também servido quente com uma bola de sorvete.

domingo, 9 de novembro de 2008

almondegas da vó




frituras... não sou muito boa nisto, mas o Mah sempre me pede as almôndegas da vó, na verdade eu ia pedir para minha mãe fazer, já que frituras é com ela e faz divinamente bem, mas o meu filho me pediu tanto, quero dizer que ele pede a tantos anos (e eu nunca faço porque não gosto de fazer frituras), mas, hoje como tinha mais tempo resolvi me atrever a fazer este bolinhos rústicos de carne e batatas que meu filho tanto adora


almôndegas da vó

1/2 k de patinho moído duas vezes
4 batatas médias cozidas e amassadas
1 ovo
sal e pimenta a gosto
cheiro verde, 2 dentes de alho e 1 cebola pequena (junto tudo no processador)
1/2 xícara de farinha de rosca
1/2 xícara farinha de milho peneirada

numa tigela tempere a carne moída como os temperos e misture o ovo, em seguida as batatas amassadas, regue com azeite, depois junte as farinhas, faça as bolinhas ou do formato que preferir.
frite em óleo quente, em fogo médio. estas fiz pequenas para aperitivo.

sábado, 8 de novembro de 2008

biscoitinhos da dona lau


a cozinha da dona lau deixou saudades, conheci esta senhora portuguesa no final dos anos 80, ela tinha sido cozinheira da casa de portugal em são paulo, veio com um consul português, e acabou ficando por aqui, na época, já estava aposentada e fazia jantares ou cozinhava por dia.
alem das estórias incríveis que ela contava adorava passar segredinhos de cozinha, e cozinhava muito...

biscoitinhos de limão

2oo g de margarina
1 xícara de açúcar
3 xícaras de farinha de trigo
1 colher de chá de fermento em pó
1 pitada de sal
raspas de limão


faça um creme com o açúcar e margarina e junte as raspas de limão
junte aos poucos os secos peneirados, cubra com filme plástico e leve na geladeira por 30 mim.
em seguida faca bolinhas e coloque com espaço de 3 cm em assadeira untada, asse em forno médio por aproximadamente 12 mim, retire da assadeira e passe ainda morno no açúcar refinado perfumado com baunilha peneirado duas vezes.

terça-feira, 4 de novembro de 2008

doce de goiaba

este ano tivemos uma super safra de goiabas,
ainda tenho polpa congelada para muitas delicias















e precisamos fazer uma poda radical na goiabeira, mas ela já esta brotando...


doce de goiaba

1 k de goiabas limpas e sem miolo e sem cascas
cozinhar por 10 minutos em panela tampada, com 250 ml de agua em fogo médio
escorrer, e bater com o mixer a polpa, fica como um pure
juntar 1/2 k de açúcar e levar ao fogo baixo em panela tampada, este doce pula muito, quando for mexer desligue o fogo, o cozimento demora aproximadamente 1 hora e o doce deve ser mexido de vez em quando, mas sempre tomando muito cuidado para não pular, quando estiver no tom de vermelho queimado e consistência pastosa está pronto


segunda-feira, 3 de novembro de 2008

tropical prime ribs

como tenho que dar um destino nobre as bananas.... achei que uma boa farofa de bananas poderia combinar bem com prime ribs (costeletas de porco) e batatas gratinadas.
este prato mescla bem a forma de fazer das ribs americanas com a nossa tropicalíssima banana e batatas sempre presente nas cozinhas do mundo afora

prime ribes

tempere uma ripa de costelinha com
4 colheres de catchup
sal, 2 dentes de alho em laminas
suco de dois limões, neste usei siciliano, mas pode ser usado qualquer outro
esfregue este tempero dos dois lados da costelinha, embrulhe num papel alumínio e leve ao forno a 200 g, por 30 mim, faça o teste do garfo e veja se já esta cozido abra o papel e deixe corar, por mais 10 mim.

batatas gratinadas

cozinhe batatas cortadas ao meio sem sal
escorrer e temperar com azeite e sal
sobre elas coloque queijo mussarela ou prato ralado
e sobre cada metade de batata um colher de chá de requeijão
leve ao forno por 10 mim

farofa de bananas

refogue em 4 colheres de azeite, 3 colheres de cebola picadinha, juntar 6 bananas pequenas cortadas em rodelas e refogue, sal a gosto, juntar 6 colheres de farinha de milho amarela e cheiro verde picadinho e 2 colheres de uvas passas brancas ou pretas, nesta usei brancas.

domingo, 2 de novembro de 2008

bananas


yes, temos bananas!

parece que todos os cachos de banana resolveram amadurecer ao mesmo tempo, o resultado é que tivemos uma "super safra", o problema agora é dar conta de toda essa banana, já estou pensando como resolver isso de uma forma bem saborosa, aguardem...

sábado, 1 de novembro de 2008

pão de quibe



e o tal pão de quibe ficou famoso por aqui, ele aconteceu de um acidente.
na véspera do aniversário do Maah liguei do trabalho para minha auxiliar e pedi para deixar de molho 1/2 k de trigo e ela entendeu errado deixou um 1 e 1/2 k de molho, quando cheguei do trabalho, tomei um susto....




a minha intenção era fazer um quibe de tabuleiro para mandar para o colégio, e quando vi aquela quantidade de trigo de molho fui logo pensando num forma de aproveitar tudo aquilo e então achei que o ideal seria fazer pães, naquela noite os pães se multiplicaram, e ficou tão bom que acabei ajustando a receita e agora sempre que temos aniversários, churrascos, lanchinhos o pão de quibe aparece na nossa mesa, já que os sobrinhos, afilhados e amigos já esperam por ele

pão de quibe

coloque 1 xícara de trigo para quibe de molho de 1 e 1/2 xícara de agua filtrada por 30 mim, em seguida junte
1 ovo inteiro
4 colheres de açúcar
1 colher sal
3/4 de xícara de óleo
nesta mistura junte as poucos a farinha de trigo aproximadamente 4 1/2 xícaras misturadas com 3 colheres de sopa de fermento biológico seco, e vá misturando com uma colher de pau ou batedor de massas, fica uma massa molenga, como massa de pão de forma.
unte apenas com óleo duas formas de pão de forma e divida a massa, coloque nas formas e com a ajuda de um colher untada em óleo espalhe a massa.
deixe crescer até dobrar de volume, asse por 35 mim com forno a 200 graus.

observação sobre o fermento
uso sempre fermento granulado biológico e para quem nunca usou, uma orientação, ele deve ser misturado sempre à farinha
caso você prefira usar o fermento biológico fresco, substituir cada colher de sopa por um tablete de 15 g cada, e este sim deve ser misturado com os líquidos